aki

cadastre-se aqui
aki
Política
19-11-2017, 20h12

Temer decide nomear Alexandre Baldy para Cidades

João Henrique e Carlos Marun são cotados para articulação política

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O presidente Michel Temer decidiu nomear o deputado federal Alexandre Baldy para o Ministério das Cidades. O anúncio deverá ser feito amanhã, mas há possibilidade pequena de ficar para terça _se algumas costuras políticas ainda forem necessárias.

Baldy (GO) deverá sair do Podemos e se filiar ao PP ou PMDB. O novo destino partidário ainda está em debate. Temer optou por Baldy por entender que ele contemplará os interesses de três forças políticas: do PP, do PMDB e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Baldy é um dos deputados mais próximos de Maia, fundamental para a tentativa de Temer de aprovar uma reforma da Previdência enxuta.

O ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, deverá ser deslocado para Direitos Humanos. Imbassahy seria consultado ainda na noite de hoje sobre essa possibilidade, que implicaria na saída de Luislinda Valois da pasta.

Temer gosta de Imbassahy, mas o tucano virou alvo do centrão. O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, permanecerá no cargo, numa cota pessoal do presidente.

Para a Secretaria de Governo, que cuida da articulação política, há dois peemedebistas cotados. Temer deverá escolher entre o ex-ministro João Henrique de Almeida Souza (PI) e o deputado federal Carlos Marun (MS).

João Henrique é amigo de Temer. Marun tem apoio de boa parte do centrão _grupo de legendas conservadoras que sustenta o governo no Congresso.

Por ora, essas devem ser as mudanças ministeriais. O presidente está usando o espaço do PSDB no governo para angariar apoio a fim de votar um texto enxuto de reforma da Previdência.

*

Pegou mal

Temer pediu ao PMDB que não exiba na TV propaganda agressiva contra Dilma. Divulgada na internet, peça tem discurso de petista sobre mandioca. É uma grosseria.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-08-17 08:11:50