aki

cadastre-se aqui
aki
Política
09-06-2016, 20h54

Temer deve adiar reforma da Previdência para depois das eleições

Em almoço com sindicalistas nesta sexta, presidente interino quer reduzir resistências
11

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

Para diminuir pressões contra a reforma da Previdência, o presidente interino, Michel Temer, deve dizer nesta sexta-feira a sindicalistas que o tema será discutido depois de uma decisão definitiva a respeito do impeachment e ganhar força somente após as eleições municipais de outubro.

Temer marcou almoço nesta sexta-feira com cerca de 80 sindicalistas no Palácio do Jaburu. O cardápio político principal será a reforma da Previdência.

Os sindicalistas querem evitar que seja fixada uma idade mínima. Na semana passada, em entrevista ao SBT, Temer disse que idade mínima seria uma boa ideia e que também deveria ser aumentado o tempo de contribuição

Mas o presidente interino também afirmou que poderia estender um pouco mais essa discussão. Traduzindo: é provável que a reforma da Previdência só seja encaminhada ao Congresso se Temer se tornar presidente em definitivo e após as eleições de outubro. Seria uma batalha dura demais para travar na interinidade e antes das eleições.

*

Armadilha federal

Noutra frente de batalha, Temer está tentando escapar de mais uma armadilha política dos seus aliados. Eduardo Cunha pressiona o governo.

Dois ministros peemedebistas, Eliseu Padilha, da Casa Civil, e Geddel Vieira Lima, da Secretaria de Governo, aconselharam Cunha a renunciar à presidência da Câmara para tentar ganhar boa vontade no Conselho de Ética e numa eventual votação da cassação do mandato no plenário da Casa. Mas Cunha resiste à ideia.

Tem medo de renunciar agora e ser rifado no conselho. Prefere guardar essa carta para o caso de ter de batalhar no plenário a fim de manter o mandato de deputado federal e o foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal.

Temer foi cobrado por aliados do PSDB e do DEM que estão incomodados com a chance de Cunha escapar. O presidente, então, disse que o governo não atuará a favor nem contra Cunha. Afinal, problemas não lhe faltam.

Assista aos temas de hoje no “SBT Brasil”:

Comentários
11
  1. O Presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha não é um problema só para o Presidente Temer. É um problema para todos nós brasileiros. Nós temos um criminosos dentro do Congresso Nacional em posição de comando, exercendo poder sobre um grande número de Deputados e influenciando nomeações e aprovação de leis.
    Ele é problema nosso. Criado pelo voto popular em eleição direta.
    Mais um bandido eleito pelo povo.

  2. Temas polêmicos como o da previdência devem ser tratados com prudência. Tudo é motivo para desestabilizar o governo neste momento.
    A greve geral que não reuniu mais de um, não precisa de um incentivo do Governo Federal.
    Paciência é uma grande virtude. Tudo na hora certa e no momento oportuno.
    Quando estiverem reunidas as condições para aprovar uma mudança que tenha o apoio da maioria no Congresso e a compreensão da sociedade, o tema pode voltar sem gerar turbulência e desestabilizar o governo.
    Com o tempo as ideias amadurecem.

  3. André Luis disse:

    O senhor Temer não tem legitimidade para tratar de uma assunto que tem impacto direto na vida de tantos brasileiros. Foi eleito de forma indireta, na prepotência de um congresso, que atropelou o presidencialismo, impondo uma caricata forma de parlamentarismo. Como trabalhador não aceito discutir este assunto com este senhor, que alias como interino, deveria assumir uma postura discreta, o que não o faz, demonstrando todo o seu desprezo pelas instituições e todo o seu ímpeto golpista. Discutir este assunto com Paulinho da Força, sem incluir a CUT, só demonstra que não há uma vontade de envolver realmente o maior interessado, o trabalhador.

    • Francisco Viana disse:

      Prezado André Luiz, a CUT foi convidada e respondeu que não negociava com Temer alegando que ele era golpista, ou seja, a opção de não negociar veio da CUT, por sinal a mesma CUT que fica querendo se entrincheirar e pegar em armas, essa CUT com certeza não representa os interesses dos trabalhadores brasileiro, senão estaria lá negociando, FORA CUT, na minha opinião a CUT tem que ser dissolvida pois não serve para nada.

    • Pasquale disse:

      CUT???? maior interessado em que????
      Faz me rir ,cumpanheiro

  4. joao dias disse:

    Não se discute que de fato, a reforma da previdência é muito importante para o País. Mas muito importante também é a reforma eleitoral, a reforma tributária , a reforma fiscal e a reforma trabalhista, para que tenhamos um Estado moderno, com governança competente, honesta e absolutamente Transparente. Tem -se a impressão de que não há vontade política para analisar o conjunto da obra, como deseja a maioria absoluta dos brasileiros. O que precisa mudar, o Povo já sabe há muitos e muitos anos e com muita clareza. É preciso castrar e estancar as reformas em pedaços, que pendem mais para os interesses individuais e de grupos organizados, esquecendo propositadamente o verdadeiro interesse da sociedade brasileira ou seja, a profunda reforma do Estado. Parece que os políticos tem medo de aprovar a profunda reforma do Estado brasileiro e perder o Poder de barganha,sempre usando indevidamente o nome da sociedade. O bom político é aquele que também fiscaliza o cumprimento do Orçamento da União.

  5. joao dias disse:

    Se o congresso nacional realmente estiver ao lado do Povo, para provar, basta discutir e votar o conjunto de medidas, em discussão há décadas , para que tenhamos um novo Brasil mais democrático e socialmente justo.

  6. Jayme Santos Menezes disse:

    Srs , o Brasil foi descoberto não em 1500 , mas sim em 2016, e não por Pedro Alvarez Cabral , mas sim por Dilma Roussefet e o PT. Estávamos e , por enquanto ainda estamos num mar de lama. Ja fomos até agraciados pelo New YorkTime com a medalha de ouro por sermos o país mais corrupto do mundo . Q bom hein? Como na visão da mídia , que faz propaganda enganosa quando se trata de qq brasileiro q pratica esportes chamando-nos de ¨melhores do mundo¨. AGORA SIM SOMOS OS MELHORES DO MUNDO. O fato que mais chama a tenção é o posicionamento da Globo no q se refere ao q acontece envolvendo toda essa falta de respeito aos brasileiros promovida pelos ¨políticos da cãmara e do senado, bem ; e ela como formadora de pinião faz com q os menos avisados fiquem inertes , pois não dá a devida amplitude que o momento merece e da maneira que deve ser abordado. PERGUNTO; SERÁ QUE TEM ALGO A VER COM A CONCESSÃO DA REFERIDA QUE VENCE EM 2018?

  7. Deveriam abaixa o valor mensalmente recebido pelos políticos e também não ser vitalício. Outros gastos do Governo deveria acontecer, porém se houver reforma na previdência o mínimo de idade poderá ser 55 anos para mulher e 60 anos para homens, por conta de já ser aplicado no funcionalismo esta regra.

  8. O Insepulto disse:

    Ora vejam só, nesta altura do campeonato ainda estamos falando de Cunha, o imortal. Vai passar para a história como uma espécie de highlander.

  9. Alberto disse:

    Há mais cegueiras que a cegueira deliberada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-26 11:46:33