aki

cadastre-se aqui
aki
Política
26-06-2017, 21h23

Temer deverá dizer que Janot não tem prova cabal

Presidente nega ter dado aval para Rocha Loures receber propina da JBS

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O presidente Michel Temer fez reuniões ontem e hoje para pedir aos aliados que analisem rapidamente na Câmara a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Essa orientação vale para outras denúncias que poderão ser apresentadas. Temer acha pior esticar o processo.

O governo também vai insistir na tese de que Janot está se baseando em indícios, sem prova cabal. O presidente nega que tenha dado autorização para Rodrigo Rocha Loures receber a mala com propina da JBS. Mas teria orientado o empresário Joesley Batista a tratar com Rocha Loures de assuntos de interesse da JBS no governo que acabaram sendo negados pelas autoridades.

*

O outro tema do SBT foi avaliação da pesquisa Datafolha sobre a sucessão presidencial de 2014. Assista:


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-21 21:02:39