aki

cadastre-se aqui
aki
Política
25-04-2017, 20h33

Temer quer mostrar força aprovando logo reforma trabalhista

Mas governo ainda não tem votos para fazer alterações na Previdência
2

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

O governo quer usar a votação da reforma trabalhista, prevista para amanhã na Câmara, como forma de demonstrar força perante o mercado financeiro e o empresariado. De fato, existe no Congresso um grau maior de consenso em relação à reforma trabalhista na comparação com a proposta de mudanças na Previdência.

Na avaliação do presidente Michel Temer, a aprovação da reforma trabalhista seria a resposta de que o governo não ficou paralisado por conta da quebra do sigilo das delações da Odebrecht e de toda a exposição de corrupção sistêmica da classe política.

Se o governo obtiver um placar forte na reforma trabalhista, ajudaria, sim, no esforço para aprovar as mudanças trabalhistas. Contribuiria para retomar o clima parlamentar favorável ao governo pré-delações da Odebrecht.

Mas o Palácio do Planalto  sabe que hoje ainda faltariam os votos necessários para aprovar a reforma da Previdência, que exige quórum mais alto do que maioria simples, como acontece na trabalhista. Para aprovar emenda constitucional, que é o caso da reforma da Previdência, são necessários 308 votos em dois turnos de votação na Câmara.

O governo só vai colocar essa reforma em votação quando avaliar que tem cerca de 350 votos razoavelmente seguros. Hoje, Temer fez reuniões com aliados no Congresso, governadores e empresários a fim de buscar esses votos para essa reforma.

Assista aos temas do “SBT Brasil”:

Comentários
2
  1. Cleonice Marx disse:

    Tem que aprovar logo essa reforma, o país precisa mais do que nunca. Esses sindicatos são contra porque vão perder a mamata.

    • walter disse:

      Cara Cleonice, esta é uma bagunça, da época de Dom Pedro; a politicagem do planalto foi vencida pela quantidade de fatos pontuais…o Temer treme, e o País como um todo, esta mostrando a insatisfação em larga escala; estão pressionados pelo conjunto da obra…o Temer esta mantendo a falta de energia da dilma…As reformas serão bem vindas, se saírem rá pidas, sem cortes contra o Trabalhador…tem a pressão esperada, dos sindicalistas, que não querem perder a mordomias…estão tentando juntar fatos, usando a tal greve, para favorecer o lula, e os sindicalistas, sem terras…enfim querem bagunçar o coreto…a questão é nacional, já que o desemprego é muito grande, e até agora, só cortam contra a população em geral…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2020-02-27 08:40:06