aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Política
31-08-2016, 20h46

Temer rebate tese de golpe por ver ação de Dilma para deslegitimá-lo

"Golpista são eles", afirma peemedebista em reunião ministerial
13

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O presidente Michel Temer reagiu à dura manifestação da agora ex-presidente Dilma Rousseff, que prometeu oposição incansável ao peemedebista, por avaliar que a afirmação de que houve golpe é uma tentativa de deslegitimar o seu governo.

Daí ter pedido que os ministros rebatessem a pecha de golpistas. Demonstrando desconforto, Temer afirmou: “Golpistas são eles”.

Outro recado importante foi cobrar unidade entre os apoiadores do governo, a fim de evitar atritos como os que têm acontecido entre o PMDB e o PSDB.

*

Leia aqui as prioridades que Temer elencou em conversa com o SBT. E aqui uma análise sobre o papel de Renan na articulação para preservar o direito de Dilma exercer função pública, o que gerou atrito com o PSDB e o DEM na largada da Presidência de Temer.

Assista aos temas de hoje no “SBT Brasil”:

*

*

Comentários
13
  1. Joaquim José da Silva Xavier disse:

    como acabo de ouvir de jornalista:
    “A História dirá quem foi Grande. Como apontará farsantes histriônicos, A Farsa, e os atores e atrizes menores.
    A História imediata registra: Dilma caiu sem acusações de corrupção contra sua pessoa.”

    • Mauro disse:

      A história tambem dirá quem destruiu a Petrobrás, quem teve inumeros adeptos e correligionários presos por corrupção, quem cometeu estelionato eleitoral para ser reeleita e tantas outras coisas mais. Toda história tem dois lados e não pense que mentir, dissimular e fingir que não aconteceu irá fazer com que a história seja esquecida ou apagada.Tudo conta e tudo contará, sob todos os aspectos e pontos de vista, pois como diz aquele ditado:
      – PAU QUE BATE EM CHICO; BATE EM FRANCISCO TAMBEM!
      O PT não é feito sómente de gente esfarrapada e mal esclarecida e sim de todos que envergam e envergaram a camisa do partido e que estão presos por corrupção e os que ainda serão presos por enriquecimento ilícito. Genoino, Dirceu, Delcidio, Vaccari e tantos outros tambem estarão nos livros de história.

      • João D. G. disse:

        Explique então porque existem 150 (cento e cinquenta) empresas de petróleo norte-americanas à beira da falência. Foi o PT nos Estados Unidos? Não, foi o preço do petróleo internacional, o mesmo que está dando prejuízos ainda maiores à petroleira da
        Arábia Saudita.
        Enquanto isso o governo golpista, vira-lata e entreguista do PSDB/PMDB quer começar a entregar o pré-sal por 2 dólares/barril para a petroleira norueguesa.
        Pare de assistir a rede globo e preste atenção na realidade. Leia a carta da Federação Brasileira de Geólogos, que acusa abertamente o governo golpista de ser entreguista e lesa-pátria.

    • Edi Rocha disse:

      É exatamente por isso que os políticos raramente são punidos pelo STF.
      .
      Dilma foi condenada ignorando-se a inexistência do crime. É tudo político. Um senador do PSDB não votaria a favor de Dilma nem na marra (mesmo que tudo indicasse sua inocência). Um senador do PT não votaria contra Dilma de jeito nenhum (mesmo que tudo indicasse sua culpa).
      .
      Pois bem. Com tantos políticos encrencados na lava-jato, basta se juntarem e elaborarem um impeachment de ministro do STF ou do PGR, a justa causa é o senado quem julga e ninguém pode impedir o julgamento. Se eles aprovarem o impeachment, tchau! Cumpra-se! E dane-se o resto!
      .
      Ou seja, só aquele parlamentar que estiver em situação crítica poderá ser punido. Tanto é que apesar de tudo que já aconteceu, há dúvidas se a câmara irá ou não cassar o mandato de Eduardo Cunha.

  2. walter disse:

    Kennedy, a dilma cometeu sim crimes contra o País, e não importa a quantidade; neste julgamento, só se ativeram, as pedaladas fiscais, um fato lamentável, que culminou, no trambique, para evitar a punição prevista no artigo 52 da constituição; esta manobra foi permitida, e bem planejada pelo Renan, que com isso, livrou por tabela, 60% do senado, inclusive ele, a se isentar de uma possível punição futura. Veremos o supremo como agiram…
    Estou abismado com o comodismo dops demais, que acham conveniente, deixa-la a vontade…os crimes posteriores, mostrarão, que seu castigo deverá ser maior, com tantos prejuízos ao Brasil, e para começar, são 170 BI a cobrir”.

  3. GUNZ THE DUEL disse:

    Dilma Rousseff cometeu erros políticos, econômicos e estratégicos. Mas sua expulsão, motivada por peripécias contábeis às quais ela recorreu bem como muitos outros presidentes, não ficará para a posteridade como um episódio glorioso da jovem democracia brasileira!

    • Mauro disse:

      O erro de alguem, justifica que voce erre tambem?
      Se seu vizinho mata alguem, voce tambem se julga no direito de matar?
      Voce diz que se os “outros” presidentes fizeram coisas semelhantes! Ela poderia fazer tambem?
      Tem gente que faz ma-feitos…e ela fez e encobriu muitos…e passa impune e isso sabemos que ocorre muito, mas outros são pegos, porque são mais abusados e descarados e ela foi tudo isso e algo mais.
      Alem de fazer coisas muiiiiiiiito maiores que seus antecessores, inclusive LULA, ela perdeu apoio político, porque é péssima para fazer política e não soube agregar nem a simpatia da maioria do seu próprio partido. Muitos parlamentares do PT nem sequer eram recebidos no Planalto e ministros disseram que ela os recebia com frieza e mal dava atenção ao que falavam. É assim que voce queria que ela fosse apoiada?
      Dilma cometeu crimes simmmmmmmm e só não vê isso os que são cegos para ver o que está a sua frente, apesar de não terem problemas de visão!

      • Sebastiao Canabrava disse:

        Opa! Sr mauro, o Sr derrapou na argumentacao. Se meu vizinho comete um crime e nao e’ punido, entao se eu cometer tambem nao poderei ser punido. Entenda que aqui nao foco no merito (no ato em si) mas no direito de pratica-lo e ficar impune. E explico (como conheco seus comentarios insanos, carregados de odio): apenas estou corrigindo sua argumentacao. No governo se alguem COMENTE atos proibidos em lei, este alguem deve ser punido como preve a lei. Mas tem que haver o ato comprovado e nao suposto. E a lei e’ igual para todos (e nao somente para aqueles que a gente quer punir). Explicado, Sr Mauro?

  4. Cícero Costa disse:

    Dilma cometeu erros sim, mas não cometeu os crimes dos quais foi acusada. Na forma, o impeachment seguiu o rito correto, mas no mérito foi temerário, não se provou os crimes alegados.

    E pra quem não sabe ainda, não é o Temer que as elites desejam no Poder, mas o Aécio. A trama suja foi a seguinte: derrubar Dilma e Lula, “permitir” que Temer governe até o fim deste ano (2016) e, já no início de 2017, a Mídia golpista começará a bombardeá-lo com acusações de prática de corrupção, baseada em informações vazadas da PF do Paraná. Em pouco tempo, 3 a 6 meses, Temer cairá, porque o que interessa para o PSDB é tomar o Poder pela via indireta, ou seja, sem o voto popular.

    Derrubando o Temer em 2017, a escolha do novo presidente seria feita pelo próprio Congresso, e não pelo voto popular. Essa é a única maneira de o Aécio alcançar a presidência, que é o sonho da Globo.

    • Luiz Carlos disse:

      Se a tua ideia fosse correta, eles não entrariam no governo Temer. Agora serão tão culpados quantos. E depois mesmo que voce tivesse razão o Aécio governaria por apenas 1 anos e não daria conta de resolver os problemas do país, ja que o problema econômico não e só de ordem politica, mas sim de ordem técnica. Nesse panorama ele não se reelegeria em 2018, alem do mais não teria nenhuma garantia que ele seria eleito, ja que o pmdb junto com as oposições derrubariam essa sua ideia.

  5. Marco Túlio Castro disse:

    Como boa petista que é Dilma mostra a sua natureza de escorpião. Primeiro pede que mantenham seus direitos políticos para que alguém a pendure em um cargo comissionado qualquer, pede não, pede aos amigos que façam por ela o pedido. Depois ataca quem a atendeu.

  6. Mauro disse:

    Tenha o nome que queiram dar, pois isso é o que menos importa!
    Os petistas precisavam criar um mote, para justificar essa enorme derrota e acharam por bem chamar de golpe e se isso os consola, que chamem assim, pois não fará diferença alguma e nem irá reverter um ato juridicamente perfeito e acompanhado tal qual novela por toda a sociedade e supervisionado pela mais alta corte do país!
    Como é praxe entre os petistas, a memória é curta e só lembram o que interessa, mas o senhor ministro Ricardo Levandowski foi indicado pelo partido e é conhecido por ser da turma de São Bernardo, sendo frequentador das mesas dos restaurantes do bairro Demarchi, assim como LILS.
    Chamar de golpe, deposição, banimento, ou simplesmente de higiene politica é irrelevante e não vai apagar os mal-feitos e nem melhorar o quadro que foi deixado por esse nefasto partido.
    Michel Temer é o presidente de fato e de direito e quem não gostar, que vá chorar na cama, ou no colo do Maduro!

    • Sebastiao Canabrava disse:

      Ah, mas e’ golpe sim, Sr. Mauro. Vai ficar na historia. Muitos vao se arrepender. Talvez ate o Sr. Mas ate a ficha cair, ja vai ser tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-12-03 10:48:55