aki

cadastre-se aqui
aki
Política
12-05-2016, 21h41

Temer terá paciência menor em relação a acusados na Lava Jato

Congresso que derrubou Dilma é responsável por saída da crise
27

Kennedy Alencar
BRASÍLIA

Com uma rápida citação à operação Lava Jato no seu discurso inaugural, o presidente interino, Michel Temer, deixou claro que sabe que terá de agir rápido se a investigação atingir mais fortemente ministros do seu governo. Ele disse “a Lava Jato tornou-se referência” no país e que deve ser protegida.

Essa investigação é incontrolável. Não é crível a hipótese de um acordão para abafá-la. O combate à corrupção no Brasil mudou de patamar. Até por obra do próprio PT, que acabou com a figura do engavetador-geral da República, modernizou a Polícia Federal e virou vítima desse combate feito com mais eficiência.

Nesse sentido, Temer sabe, como político experiente, que há três ministros citados na operação. Caso surja algum problema mais sério, a paciência dele para mantê-los nos cargos deverá ser pequena _ainda que tenha escolhido pessoas de sua extrema confiança e que as considere competentes para as tarefas delineadas por ele.

Por exemplo: Romero Jucá, que assume o Planejamento, é alguém que conhece muito o Congresso e o Orçamento. Foi líder no governo FHC e no governo Dilma justamente por ser um bom operador no Senado e no Congresso Nacional. Geddel Vieira Lima também é um articulador político experiente. Henrique Eduardo Alves foi presidente da Câmara dos Deputados. Em diferentes graus, os três estão na mira da Lava Jato.

*

Perfis diferentes

Temer adotou um discurso de salvação nacional e de pacificação do país. Ele sabe que tem de enfrentar as duas crises que a presidente afastada, Dilma Rousseff, não conseguiu resolver: a econômica e a política.

Temer e Dilma têm perfis diferentes. Enquanto ela é centralizadora e pouco receptiva a ouvir, ele é conciliador e costuma escutar diferentes opiniões. O presidente interino montou um ministério baseado na composição política. Precisa ter força no Congresso para implementar as medidas econômicas que Dilma não teve êxito ao tentar aprovar.

Outro recado importante é a retomada de confiança no país pelos agentes econômicos com uma boa indicação para o Ministério da Fazenda. Henrique Meirelles era o nome que o ex-presidente Lula sugeria que Dilma convidasse.

Meirelles assume agora com ares de superministro, o que costuma levar esses personagens ao centro do tiroteio em Brasília. Mas o fato é que ele chega com força e tem uma importante missão a cumprir.

*

Trégua inicial

Não há espaço ou margem de manobra para o Congresso agir de modo irresponsável do ponto de vista fiscal, como fez com Dilma em 2015. Haverá uma cobrança da opinião pública nesse sentido. A situação é muito grave _sobretudo na economia, que encolheu quase 4% no ano passado e deverá passar pela mesma retração neste ano.

Ao chegar ao poder, um novo presidente sempre tem o capital político do início de governo. Há uma trégua, um período de lua de mel. Temer poderá usar essa trégua para fazer as entregas necessárias.

Há também a pressão da opinião pública. O Congresso que derrubou a presidente Dilma é responsável por ajudar a encontrar soluções para a crise. Precisa ter responsabilidade com a política e com a economia do país.

*

Dor natural

No calor da queda do poder, o PT faz discursos muito inflamados como o da despedida da presidente hoje pela manhã. É compreensível que Dilma tenha expressado sua dor. É natural num primeiro momento. Mas ela tem uma resistência enorme a fazer autocrítica. Disse que pode ter cometido erros. Não os admite.

Quem perde o poder como Dilma e o PT perderam certamente cometeu muitos erros na política ou na economia. O partido não pode terceirizar a responsabilidade pela crise em que o país se encontra.

O PT não pode fazer a mesma oposição que costumava dos 80 e 90. O partido esteve no governo durante os últimos 13 anos. Há um debate interno sobre realizar uma oposição propositiva.

Até pouco tempo atrás, Dilma julgava necessária uma reforma da Previdência. Temer e Meirelles farão uma proposta de reforma nessa área. E o PT, sabendo que é algo necessário, não pode continuar simplesmente a dizer não, como erradamente fez com a própria presidente Dilma. É importante, sim, discutir a qualidade das reformas.

O partido terá que sair do labirinto em que está. Nesse momento inicial, está muito solidário a Dilma, que foi afastada do poder. Dificilmente o impeachment deixará de ser aprovado depois dos 55 votos de ontem no Senado. O PT terá outras batalhas para travar.

O futuro político e eleitoral do PT está ligado ao de Lula, que precisa se defender juridicamente na Lava Jato. A operação vai continuar a incomodar figuras importantes do partido. Uma oposição contra tudo e todos não parece ser o melhor caminho.

*

Fragilidade política

Waldir Maranhão, o presidente da Câmara e agora vice-presidente da República na linha sucessória de Temer, está quieto. Ele tenta resistir à enorme pressão para que renuncie ao cargo e permaneça apenas como deputado federal. O PP o ameaça com a expulsão. Há uma discussão para que se torne secretário do governador Flávio Dino (PCdoB) no Maranhão.

Maranhão tem dificuldade para se manter no poder. Fazia parte do time de Eduardo Cunha, mas não tem o comando que seu antecessor possuía sobre uma parcela expressiva da Câmara dos Deputados. Tanto que tomou uma decisão na manhã de segunda-feira e recuou à noite. É uma figura politicamente frágil.

Ouça o comentário na CBN, feito pouco antes do discurso inaugural de Temer:

Assista também à participação no “Jornal do SBT”:

Comentários
27
  1. O PT vai gritar. O PT vai espernear. O PT vai por fogo no país.
    Só que quem brinca com fogo…Pode se queimar.
    Se tivessem ouvido o ex-Ministro Joaquim Levy e feito as reformas, não teriam caído. Escolheram continuar gastando no cheque especial, sem ter receita para cobrir as despesas. Deu no que deu! Perderam o poder para os seus próprios erros. Mas o maior problema do PT, é que o PT não admite que errou. Querem arrumar um bode expiatório para malhar, ao invés de fazer uma auto reflexão. Parece que não aprenderam nada com os erros que cometeram. Vão continuar a errar pela arrogância cega que carregam.
    Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

    • mvm disse:

      Kennedy, como pode colocar uma mensagem que vai ter paciência menor, dos Ministros que ele indicou tem 9 Ministros Investigados. Tenha paciência eu.

  2. E por falar em Lava Jato, já prenderam o Senador Renan Calheiros?
    Apresse-se Ministro Fachin.
    Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

  3. walter disse:

    Esperamos Kennedy, que o Temer de fato, tenha um carinho especial, na operação lava jato; todos os brasileiros, depende desta limpeza e principalmente, a recuperação de parte do desviado; são TRILHÕES…o País só sobreviverá, por ter uma capacidade de geração, extraordinária; estamos a mercê, das investigações profundas…
    O Temer não pode nem sonhar, em manter um processado nesta operação, em seus quadros.
    Precisamos de muita transparência; demonstrou muito apreço, aos outros poderes, e pretende prestigia-los; este diferencial o fará bem aceito, principalmente no supremo…

  4. Maria da Consolação disse:

    O Temer tem sete ministros envolvidos na Lava Jato. Mas não ouvi uma só panela nesta noite fria de SP.

    • jairo disse:

      Vamos montar uma igreja e denunciar os ministros do temer para o supremo para ver eles irão afastar todos como fez com lula, pois duvido que o supremo afastara algum , mas só os do PT pois fazia parte do golpe acabar o com o governo ….
      vamos provocar os ministro com varias petições? ka o vem pra rua, o MBL e os drogados que manifestaram, cadê os jurista ??

    • Airton Azevedo disse:

      Calma Maria. O governo de Temer nem começou, não podemos criticar sem ver os resultados. Caso ele não atenda as necessidades do país, faremos panelaço e iremos às ruas novamente. O momento é de apoiar para que a situação melhore e beneficie a todos.

  5. Leonardo Gama disse:

    “sabe que terá de agir rápido se a investigação atingir mais fortemente ministros do seu governo.”

    francamente Kennedy, Temer nomeou pro Ministério mais importante um dos políticos mais enrolados na lava-jato (Jucá), e vc ainda diz que “Temer terá paciência menor em relação a acusados na Lava Jato.”

    De cara ele já nomeou 7 que neste exato momento estão sendo investigados, ou seja, não é surpresa se daqui a 15 dias, a PF fizer uma busca e apreensão ou chamar para depor algum ministro . . . e aí o que vai acontecer?
    Mais pressão e crise.

    Temer começa com a mesma preocupação primeira que o PT tinha: PODER, depois vemos o resto!!!

  6. Ruy Barbosa disse:

    Está provado que regredimos para um clã de associados endinheirados na iniciativa privada ou em cargos e mandatos públicos, e que fazem o que querem da Nação com a ajuda externa de algumas entidades privadas que também querem entrar na farra do dinheiro público e fácil. Regredimos uns 100 anos. Ainda que não resolva, já rasguei meu título de eleitor. Façam o mesmo.

  7. NETO DE PRESO POLÍTICO disse:

    O Presidente tem uma ótima oportunidade para tentar melhorar as coisas, no entanto, ao nomear como Ministros, acusados/citados da Operação Lava Jato, parece já começar muito mal.
    Acorda Presidente!
    Depois não vai alegar, “que não sabia, viu ou ouviu nada”.
    Pelo que estou sentindo, em breve estaremos nas ruas pedindo sua saída!

    • Maria da Consolação disse:

      E também já extinguiu a CGU, colocando-a como um ministério sob as suas asas. Pergunto: como um órgão que fiscaliza o Governo pode estar sob a sua subordinação. A Lava Jato já era. Com isso Temer deu um recado pra PF. Se mexer com seus aliados e ministros, será a próxima. Exceto, claro, se a Lava Jato só investigar o PT a parti de agora. E tem muitas formas de conter PF, como reduzir seu orçamento ou a contratação de funcionários.

  8. Vinícius disse:

    O Kennedy Alencar acerta quase sempre, mas quando erra, é por ingenuidade… De onde que o Temer vai ter “paciência menor com a Lava-Jato”? Por conta de uma fala que mal deu meio minuto?

    O cara está começando um governo com Ministério, escolhido a dedo, que dispõe de 7 INVESTIGADOS NESSA OPERAÇÃO! Acorda, Kennedy!!! Depois do PP, o PMDB é o partido que está mais sujo no Petrolão, de onde é que esses cidadãos vão ter autocrítica por conta de corrupção? Você imagina o PMDB expulsando Jucá ou Cunha? Kkkk

  9. Armando Pinto disse:

    O grande problema do PT é que agora sem o tal foro privilegiado, muitos integrantes do partido serão levados para Curitiba.

  10. Benedito Donizetti dos Santos disse:

    O mesmo motivo que afastou a presidenta Dilma poderia ser usado para afastar vários governadores de estado que também estão enrolados com pedaladas fiscais e lei de responsabilidade.
    O país perdeu o comando e isso gera muita desconfiança lá fora, pois daqui há pouco o Brasil pode ir às ruas para tirar o presidente interino e aí quem assume?
    Existe a possibilidade de entrarmos em uma crise muito pior do que a que estamos vivendo hoje.

  11. Paulada disse:

    Se a Dilma indicasse um cara que é envolvido na Lava Jato o jornal nacional e o panelaço já estariam gritando, mas o golpe é isso aí, tudo é cor de rosa agora. O seu discurso sobre a tolerância de Temer não procede Kennedy, pois todo mundo sabe quem este cara é e o que ele fez para estar como presidente hoje. País sujo!

  12. carlos disse:

    Como é que ele vai manter a lava jato se colocou vários investigados no seu ministério? Alguma coisa aí não tá batendo. Ou ele é doido e quer arriscar a estabilidade do governo dele, caso a lava jato realmente continue, ou ele já está com intenções de proteger as pessoas que ele escolheu. Temos que ficar muito atentos para a lava jato não parar, pois, nós brasileiros, temos a mania de esquecer das coisas. Além disso, não podemos nos encantar com um discurso limpo e bem falado, pois já tivemos presidentes assim que não fizeram nada pelo país. Outro fator que me preocupa é onde ele irá apertar para tentar voltar a estabilizar a economia. Aposto, que até o final dos 180 ele vai dar o aumento do STF (pagar os favores né) e apertar mais ainda em impostos.

  13. Jamal disse:

    Extremamente danosa a criação de expectativas, principalmente as fundamentadas em especulação. Ninguém pode saber o que Temer fará ou deixará de fazer em seu governo interino e muito menos se for confirmado pelo impeachment como presidente. Ele ainda um enorme obstáculo para ser transposto, que é a sede por cargos, durante muito tempo criada e atendida por ele mesmo. O PMDB funciona como o fiel da balança e pode pender para qualquer lado que se imagine e a qualquer momento se não forem satisfeitos em suas revindicações. O resto do parlamento é de baixo nível, pessoal, político e institucional. Estão mais para canalhas espertos do que para parlamentares. Quero ver donde surgirá cadeiras suficientes para tantas bundas, as quais foram viciadas pelo PT no grau máximo de conforto. Se vencer esta dificuldade, Temer estará bem, senão, deve omitir-se e deixar os dias passarem, como fazia Dilma. Sabemos como ele é bom no papel de item decorativo.

  14. Andre Luis disse:

    “Ao chegar ao poder, um novo presidente sempre tem o capital político do início de governo. Há uma trégua, um período de lua de mel. Temer poderá usar essa trégua para fazer as entregas necessárias. ” Tudo que a oposição e os grandes meios de comunicação não deram ao governo de Dilma. O Kennedy tem razão em muitas coisas, mas não devemos esquecer a forma irresponsável como muitos da oposição se comportaram com o país. Eles podem achar que não, mas as urnas os punirão.

    • juliano disse:

      A direita conservadora apoiada pelos escravagistas da imprensa não tinha esperança de ganhar no voto, deu o golpe,hoje as noticias já dizem que a inflação está próxima dos 5%, que existe a previsão de entrada de 230 bilhões de dólares no nosso mercado, etc. De um dia para outro a inflação baixou de dois dígitos para 5%. Será que somos todos idiotas? Precisamos ler mais turma. Assistir só a globo não dá.

  15. paulo gonçalves disse:

    Até que enfim começa mais um governo. Governo novo mas politicos velhos, politica velha. Nada muda. QUEM PODERÁ NOS DEFENDER??

  16. Ande Luis disse:

    Vimos ontem o STF ser reduzido a uma caricatura deformada de suprema corte, com a devolução vergonhosa por Gilmar Mendes do processo do Aécio Neves. Pior que a corrupção, é a leniência daqueles que deveriam resguardar e assegurar o comprimento da lei com o mesma. Neste país se investiga todos os partidos, exceto o PSDB, que parece tem montado uma ampla rede de defesa, incrustada em todas as instâncias da justiça no pais.

  17. Eric disse:

    Só pra lembrar que a investigação sobre o Aécio já foi cancelada…

    Me poupe.. o cara escolhe gente da lava a jato e tá preocupado com corrupção? todos querem é poder.. o PSDB só consegue cargo na porrada.

  18. Raphael Henrique Martins Silva disse:

    Coitado de quem acredita nisso.

  19. Frank Underwwod disse:

    É esse o ministério de notáveis? 7 investigados, o STF devolvendo o ao Procurador Geral as investigação sobre o Presidente do PSDB. O que dizer? O PMDB, chega a 3 presidentes sem um voto que legalidade é essa?

  20. anne ferreira disse:

    Bem, o que dizer desse novo governo? Todos homens, brancos,não tem mulheres, negros. O novo(velho) governo já começou excluindo o ministério que defende politicas para mulheres etc. O Gilmar
    Mendes devolvendo o processo do Aécio Neves para o procurador Rodrigo Janot para ser arquivado. Como citou o jornal britânico the Guardian Brasil republica de bananas estou começando a acreditar nisso.

  21. Liz Lacerda disse:

    Inclusive os que estão sendo investigados e compõe seu ministério?????????? Não creio…

  22. Alberto disse:

    Meu Deus!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-28 17:57:34