aki

cadastre-se aqui
aki
Política
05-05-2016, 9h59

Teori age bem, mas tarde; STF deve resposta completa sobre Cunha

Tribunal deveria se reunir hoje e tomar decisão sobre linha sucessória
49

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O ministro Teori Zavascki agiu bem, mas agiu tarde. Se era para tomar uma decisão monocrática e em caráter liminar, já poderia ter feito antes. Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Zavascki decidiu suspender o mandato de Eduardo Cunha como deputado federal, o que leva a um afastamento da presidência da Câmara.

Em dezembro, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já havia solicitado o afastamento de Eduardo Cunha do mandato de deputado federal e do comando da Câmara. Uma análise das acusações que pesam contra o peemedebista já dava motivos suficientes para a decisão que Zavascki tomou hoje.

As manobras para fazer o processo no Conselho de Ética andar a passo de tartaruga e a velocidade relâmpago do impeachment da presidente mostraram claro abuso de poder do presidente da Câmara. Se tivesse havido uma decisão antes, talvez fosse diferente a história do impeachment de Dilma, que será manchado pela atuação de Eduardo Cunha.

Agora que Zavascki aceitou a pedido de Janot, o plenário do STF deveria aproveitar para analisar hoje de uma vez por todas esse caso e também a ação proposta pela Rede.

Isso é importante porque dará segurança jurídica à linha sucessória do país. Há razões para o Supremo decidir em definitivo que Eduardo Cunha está inabilitado para assumir a Presidência em caso de ausência do titular. Se o artigo 86 da Constituição diz que o presidente tem de ser suspenso da função se virar réu no Supremo, a regra tem de valer para o reserva.

Hoje, Eduardo Cunha já é réu no Supremo. Por analogia com a regra que vale para o presidente da República, que é o chefe do Poder Executivo, Cunha também deveria ser afastado da presidência da Câmara, porque é um dos comandantes do Poder Legislativo.

Portanto, há motivos jurídicos de sobra para impedir Cunha de assumir a Presidência no caso de ausência do titular e para afastá-lo do comando da Câmara.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, é réu num processo na Justiça Federal, mas não no Supremo. Se Renan virar réu no Supremo, a regra tem de valer para ele também. Ficaria impedido de assumir a Presidência da República. Linha sucessória serve para isso. A razão de ser longa tem lógica constitucional e prática.

Com o provável afastamento de Dilma do poder na próxima quinta, dia 11, o vice-presidente da República, Michel Temer, deverá assumir. Se os presidentes da Câmara e do Senado, que seguem o vice na linha sucessória, ficarem impedidos de substituí-lo, há o presidente do Poder Judiciário, que é o presidente do Supremo. Logo, existe reserva em condição de jogo para entrar em campo.

O Supremo está devendo ao país uma resposta completa a respeito de Eduardo Cunha. Zavascki começou a responder hoje, mas plenário do Supremo precisa completar o serviço.

*

Presente e ameaça

De imediato, a decisão de Teori sobre Cunha é boa para o futuro governo Temer. Tira da mesa do vice-presidente um problema. Mas Cunha é detentor de segredos do PMDB e de um grande número de deputados.

Na reta final da votação do impeachment na Câmara, o deputado Sílvio Costa (PTdoB-PE) brincava que Cunha faria a maior delação premiada da Lava Jato. Diante da gravidade das acusações contra o peemedebista e dos acontecimentos de hoje, a diatribe de Costa não deve ser descartada.

Ouça os comentários feitos hoje no “Jornal da CBN”:

Comentários
49
  1. Edi Rocha disse:

    Nossa! A notícia de capa dos jornais de hoje deveriam ser mais ou menos assim: “STF Finalmente Age e Pune Eduardo Cunha, e o Povo Brasileiro Acha que Está Sonhando”.

    • Evenio Oliveira disse:

      O que é isso? Parecia que o Supremo não saia da janela admirando o congresso brasileiro. Tipo: Olha lá como é possível o Cunha jogar com a lei, até como pode sem lei, alguém disse que ele vai marcar muitos gols. Parar o jogo agora por que? Não tem prorrogação? Também tem uma comissão do congresso que ainda está em campo, tratando disso. Afasta-lo como deputado federal e de presidente da câmara? O que aconteceu no Supremo?

    • John disse:

      MEU DEUS ! O Tiririca vai ser presidente do Brasil !

      Se começar a tirar todos envolvidos sobra o Ministro do STF que não tem perfil de presidente pois é do judiciário. Se ele resolver renunciar seu direito sobra o mais votado na câmara que é nada mais nada menos do que o Tiririca.

    • Lucas disse:

      Finalmente a armadura do caranguejo foi destruída, a nação precisa banir do cenário politico todos os corruptos, a conduta deve deputado desviando dinheiro publico, gerou centenas de desempregados , trabalhadores agregados da Petrobrás, necessário devolver aos cofres públicos todo o dinheiro desviado, confiscar todos os bens e deixa-lo apodrecer no fundo de uma cela.

  2. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    A legislação brasileira foi feita sob medida para nunca penalizar a classe política.
    Este é talvez, o último país do mundo onde existem imunidades parlamentares e foro privilegiado.
    A constituição tem muito mais direitos do que deveres, é coisa de república de bananas .

    • BRAGA-BH disse:

      Uma análise precisa! Gosto dos seus argumentos mesmo quando se perde na paixão politico-partidária.

    • walter disse:

      Exatamente, cara Maria Aparecida Ramos Tinhorão; mas hoje, o Sol esta brilhando mais; a saída do Eduardo cunha, mesmo que “provisoriamente”, abri precedentes positivos…
      Kennedy, não se pode associar a cassação da dilma, a situação do cunha; querem tampar o sol com a peneira;o afastamento da dilma, deve ser considerado um alento ao País; não podemos conviver, com as retaliações, e intervenções perigosas do lula, já passaram do limite; serão inquiridos e detido, se tudo o que dizem for verdade sobre o lula; terá tantos processos, que não se livrará de uma cadeia longa; mesmo a dilma será condenada…

    • LYRA disse:

      Prezada internauta Maria Aparecida, você falou mais ou menos tudo o que é de mais vergonhoso nessa ZBM chamada Brasil, só errou em uma coisa, a palavra correta não IMUNIDADE PARLAMENTAR e sim IMPUNIDADE PARA A BANDIDAGEM, como pode um marginal como esse tal de Cunha, ainda continuar fazendo parte dessa grande quadrilha que é a politica nacional, onde 99,9% são bandidos da mais alta periculosidade e 0,01% não são confiáveis.

      • Adelson Veiga disse:

        Povo brasileiro tem poder nas mãos, mas não usa, espera que façam por eles, o cunha eh bandido, más foi o único que peitou o PT, nossas Leis podem ser alteradas, contra um pleito popular político nenhum tem imunidade, pois povo sábio se une e vai a luta no lugar certo, e não nas avenidas e rodovias onde só conseguem prejudicar os menos favorecidos, enquanto o voto for obrigatório, e existir voto na legenda, políticos não tem legitimidade para representar o povo.

  3. Leonardo Gama disse:

    “A justiça atrasada não é justiça; senão injustiça qualificada e manifesta.” Rui Barbosa

  4. Luiz Silva disse:

    O Conselho Nacional de Justiça está avaliando a atuação do juiz que determinou a suspensão do Whatsapp. E a atuação de Teori, não vai ser avaliada? Cunha era protagonista do processo de impeachment. Qual a desculpa para Teori demorar meses em decidir algo que poderia influenciar o destino do Brasil? Ele estava ocupado analisando coisas mais importantes? O CNJ deve uma explicação ao povo brasileiro.

    • Edi Rocha disse:

      No caso do whatsapp, o CNJ só quer aparecer. O juiz antes de tudo atendeu a um pedido feito pela Polícia Federal. Depois um desembargador manteve a decisão do juiz, e somente depois a decisão foi derrubada. Do desembargador que concordou com o juiz o CNJ não lembrou…
      .
      Oras, o whatsapp tem que seguir as leis brasileiras. Se a justiça interditar um restaurante, eu não vou ficar com fome, eu almoço em outro. O mesmo se aplica, existem outros aplicativos e até com mais recursos, é só ter mais de um instalado no celular.

      • Maria Rita Carvalho disse:

        Coitado desse Juiz, foi se meter com o Poder Econômico que, por acaso, é o quarto poder no Brasil e o mais forte dentre todos.

  5. João Airton Santos Porto disse:

    Tudo me leva a acreditar que o STF está julgando segundo alguma conveniência, o que é reprovável. Mas nesse caso, se o STF reconhece que os atos de Cunha são viciados, os atos posteriores deveriam ser nulos também.

  6. BRAGA-BH disse:

    Um verdadeiro jogo de cena! Teori é um dos medíocres daquela Corte! Se a JUSTIÇA (assim mesmo, com letras maiúsculas) tivesse de ser feita, já teria afastado Cunha em Dezembro, transformado Renan em réu e listado para todos verem quem realmente são os processados pelo STF. Enquanto isso, o Tribunal de Excessão dirigido pela grande mídia de 8 ou 10 famiglias brasileiras montou todo um aparato para criar, julgar e defenestrar uma mulher que não tem sequer investigação aberta contra ela. PAís imaturo. Republica de bananas. Chacota no resto do mundo civilizado.

    • Nardo disse:

      Correto Braga. Contudo, não seria interessante tirá-lo antes, já que ele era o principal agente do golpe. As coisas foram feitas de forma sórdida, sorrateira e cronometrada. Como o pessoal não tolera a palavra golpe, digamos que o impedimento de uma presidente, sabidamente, sem crime, foi um ato para ajeitar as coisas para determinados grupos políticos sem que houvesse a necessidade de irem às urnas. Ademais, para que gastar dinheiro com isso. Democracia é coisa do passado e careta. Logo, não é golpe, apenas grupos políticos “ajeitando” as coisas
      .

      • Luiz Silva disse:

        Senhores Braga e Nardo, o reconhecimento da dívida da União com os bancos públicos equivaleu a operação de crédito proibida, conforme define o art.29 da Lei de Responsabilidade Fiscal. Praticar ato (não é assinar, é praticar) contra qualquer lei configura improbidade administrativa, conforme art.11 da Lei 8.429/92. Logo, o chefe da União (Dilma) cometeu crime de responsabilidade por improbidade administrativa, conforme define o inciso V do art.85 da Constituição.

      • sidnei Alameida disse:

        Olá, Nardo bem pertinente sua colocação.Grupo políticos criando um jeito para tirar a chefe do poder executivo.

  7. CARDOSO disse:

    O STF é um poço de vaidades. Às vésperas de perder o protagonismo para o Ministro Marco Aurélio, ele vem com essa decisão tentando ser o salvador da moralidade.

    A Decisão deveria ter sido tomada lá atrás. Até as pedras viam as maracutaias do Cunha.
    O problema não é ter um processo de impedimento, o problema é ser presidido por “juiz” que rouba descaradamente.

  8. Alberto disse:

    Afinal uma decisão s/cidadão Cunha.Dizem que ele afirmou para ela que ambos cairiam juntos.Pelo visto acertou na mosca,rsrsrsrs.Fala-se,também, que a cassação terá de ser validada pelo plenário da Câmara.Mais a diante saberemos. E continua o tal de golpe e de outras asneiras dos inocentes úteis.

  9. Esperamos com ansiedade a vez do Presidente do Senado Renan Calheiros.
    Já que começaram a interferir em outro poder de forma monocrática e individual, atropelando o plenário e o colegiado, que terminem o serviço.
    Este Supremo Tribunal Federal enlouqueceu! Estão abrindo precedentes para que no futuro qualquer Ministro transloucado possa interferir no outro poder.
    A democracia precisa que as instituições sejam harmônicas e independentes.
    Sou favorável a destituição de Eduardo Cunha, um corrupto poderoso e perigoso, mas deveria ter sido feito pelo colegiado. Que sempre está atrasado!
    Renan também deveria estar fora do cargo há muito tempo. Assim como o Lula já deveria estar preso.
    O Supremo Tribunal Federal tem muita responsabilidade na situação calamitosa do país. A impunidade passa pelo Supremo.
    Que zika! Corrupção Mata ,mais que mosquita!

    • Racional disse:

      Cidadão, o Supremo Tribunal Federal é guardião-mor da Constituição. É necessário que o STF interfira no legislativo. Nunca houve tantos delinquentes no legislativo a começar pelo seu presidente. O sujeito interfere de todas as formas na celeridade do seu processo de investigação no conselho de ética. Nunca houve tantas denúncias de corrupção sobre membros do legislativo. Se o legislativo está tão contaminado de corrupção em suas raízes institucionais é necessário mesmo que outro poder venha fazer esta intervenção.

      • Darma disse:

        Enquanto isto o sr. Jararaca juntamente com dona estocadora de vento tramaram abertamente para a obstrução da justiça, entre outros crimes como: falsidade ideológica nos casos do triplex no Guarujá e no sítio de Atibaia, além de chamar estes mesmos “ministros” do STF de “covardes”, mesmo assim continua livre, leve e solto. Ministros da justiça deveriam ser eleitos como acontece nos EUA, para que não sejam “eternos”, nem legislem em favor de quem os colocou em seus cargos.

      • Eu não disse que o Supremo não deveria interferir. Eu disse que o “colegiado” da corte deveria interferir e não um único Ministro isoladamente. Eu espero que os guardiões-mor da constituição, também tenham a coragem de interferir no mandato do Presidente do Senado Renan Calheiros. E que tenha vergonha de dar foro privilegiado ao Lula, mantendo o inquérito no Supremo ao invés de devolve-lo para Curitiba.
        Por que os guardiões-mor da constituição no caso do Ministro da Educação Aloisio Mercadante, fizeram vista grossa para a gravação que ele tentava interferir e evitar a delação premiada do Senador Delcídio do Amaral. O Senador Delcídio perdeu o foro privilegiado por tentar comprar o silêncio e dar fuga à Nestor Cerveró. Foi gravado e Preso. E Aloísio Mercadante? Porque está solto? Os iguais perante a lei, não são tão iguais assim! Depende de quão cega a justiça quer ser para alguns.
        Que Zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

  10. Bruno Viana disse:

    Se o argumento do pedido de afastamento é que o Cunha usou o cargo para se beneficiar e isso foi em 15 de dezembro, não deveriam ser anuladas todas as ações a partir dessa data? Entrou com um pedido de impeachment 4 horas após o PT votar contra ele no conselho de ética, refez diversas votações, trocou pessoas no conselho de ética e a lista é gigante. Não basta parar, tem que reparar!

    • Luiz Silva disse:

      Prezado Bruno, infelizmente o ordenamento jurídico brasileiro dá ao presidente da Câmara o poder de rejeitar pedidos de impeachment.
      Mas, se o pedido é consistente, sua OBRIGAÇÃO é aceitá-lo. O conceito de desvio de finalidade não se aplica à aceitação, visto que o único efeito dela é iniciar um processo na Câmara, processo este PREVISTO NA CONSTITUIÇÃO. Ao aceitar o pedido (ele não entrou, apenas aceitou), Cunha cumpriu seu dever perante a nação. A pergunta portanto não é o que o motivou, mas sim por que ele demorou tanto.

    • Mauro disse:

      Principio básico do direito, aceito e usado em todo mundo ocidental:
      – Não se reforma a sentença de um tribunal. Não há recurso contra o ato juridico perfeito e a coisa julgada, a não ser por vontade do próprio tribunal que impôs a sentença.
      A Câmara ao julgar o processo de impechment válido e portanto a partir daí te-lo encaminhado ao Senado para o prosseguimento, cumpriu o papel de um tribunal com poderes politicos, mas com respaldo juridico e reconhecido pela Constituição.
      Eduardo Cunha estava com seus direitos válidos e reconhecidos por lei e não cabe qualquer revisão sobre as decisoes tomadas.
      Não se faz justiça reversa, ou seja apenar alguem, antes de criar a lei que defina o crime.
      Os atos praticados pela Câmara foram legais e respaldados pela Constituição e sobre esses atos só a própria Câmara pode fazer qualquer alteração. DILMA PERDEU E NÃO ADIANTA CHORAR, PORQUE É LEI E LEI SE OBEDECE E SE CUMPRE!

    • Antenor disse:

      Conversa fiada!
      Se isto fosse exequível, teriam que aceitar também os outros tantos pedidos de impeachment da Dilma recusados pelo mesmo Cunha. Os efeitos contrários também valeriam.
      Absurdo.

      • Mauro disse:

        Perdão pela resposta, mas absurda é a ignorância do povo brasileiro que vota nas pessoas erradas.
        Absurdo é querer acreditar que uma mentira contada milhares de vezes, vire uma verdade!
        Absurdo é acreditar nas mentiras deslavadas de Dilma, Lula, e tantos outros membros desse governo horroroso que nada mais é que uma quadrilha.
        Absurdo é achar que tudo está bem, quando milhoes estão desempregados e empresas fechando as portas.
        Absurdo é ter algo comprado com dinheiro sujo e mentir dizendo que ganhou de amigos! E mais absurdo é ter otários que acreditam nisso!
        Absurdo é nomear alguem para que esse alguem fuja covardemente da justiça!
        Absurdo é apoiar um bando que deu dinheiro a Cuba, com gente morrendo em hospitais por falta de remédios.
        Absurda é a cegueira de quem tem olhos sãos e se nega a ver a realidade, embora isso possa ser chamado de BURRICE!

        • Antenor disse:

          Mauro, estou com você!
          A “conversa fiada” a que me refiro é, justamente, a alegação dos petistas e do AGU em querer anular a aceitação do pedido de Impeachment da Dilma, só porque o STF o está impedindo (Cunha)de exercer as suas funções.
          O Absurdo é o imaginário dos governistas em querer anular o processo de impeachment, plenamente chancelado pelos Ministros do STF. FORA DILMA e sua corja também.

  11. KINA disse:

    Infelizmente vai tarde demais….depois que foi usado para limpar o caminho dos golpistas talvez já não sirva mais…só que , se ele abrir a boca, muita coisa vai rolar…

  12. Under Pressure disse:

    Não há a menor duvida de que Cunha vai cair atirando. Isto explica em parte a sua imunidade até agora. Haverá muita gente implicada, muitas explicações precisarão ser dadas e presumo que políticos do PSDB e do PMDB vão ser envolvidos no processo. Teori resolveu extrair um enorme cisto sebáceo. Haverá muita coisa a ser devidamente limpa. Ou muito me engano ou esta tbm é uma manobra para pressionar senadores, assim como as denúncias de Janot.

  13. Paulo disse:

    Ué, cabe afastamento liminar de um chefe de poder? Então eu quero uma liminar para afastar o Renan e a Dilma. Eu quero que o Cunha se dane, mas é fácil bater no sujeito e difícil ver que esta decisão abre precedente. O que diz a decisão é que qualquer detentor de cargo eleito – especialmente a presidente da República – pode ser afastado liminarmente (sem defesa) por um poder não eleito (STF). Maravilha, tudo bem, mas não se esqueçam que pau que dá em Chico dá em Francisco. E se cabe contra o Cunha, cabe contra a Dilma e o Renan. Todo detentor de cargo eleito estará sujeito à uma liminar de afastamento por um detentor de cargo não eleito. É de fazer milico morrer de inveja, nem o AI-5 permitia isso.

  14. Antonio de Pádua disse:

    Kennedy,

    Então a questão é simples, se foi dito na liminar que ele é incapaz de ser presidente da Câmara, então, deve-se anular a sessão do impeachment. O canalha tem pelo menos uma centena de deputados “na mão”, faz uso de chantagem, de ameaça. Não está escrito isso? Então, como disse, é simples, vamos recomeçar o processo. Eu hein, o STF tá me deixando com “a pulga atrás da orelha” com essa decisão tardia. Muito cômoda acontecer agora.

  15. Amalia Maria de Oliveira disse:

    Ele não agiu tarde não, agiu na hora certa. Agora falta, Renam e o resto da corja.

  16. CUNHA, RENAN, DILMA, LULA... E ESTÁ INICIADO O PROCESSO DE LIMPEZA DO MAR DE LAMA! disse:

    ANTES TARDE DO QUE NUNCA! PARABÉNS, MINISTRO TEORI ZAVASKI, DEVOLVA AGORA O LULA PARA O JUIZ SERGIO MORO E DERRUBE TAMBÉM O RENAN QUE É TÃO VERGONHOSO QUANTO O CUNHA!
    QUANTO AO IMPEACHMENT O LEGISLATIVO ESTÁ CUMPRINDO A CONSTITUIÇÃO!
    QUE O STF NÃO SE ESQUEÇA DA LONGA LISTA DE INVESTIGADOS COM FORO PRIVILEGIADO E MANDE CADA UM PARA SEU LUGAR DEVIDO!

  17. PRISÃO PREVENTIVA NA CAMBADA TODA, PARA O PAÍS COMEÇAR A ANDAR NOVAMENTE PARA A FRENTE! disse:

    E POR QUE ESTÃO BLINDANDO TANTO O RENAN CALHEIROS? HÁ DIFERENÇA DELE COM CUNHA, LULA E OUTRAS COISAS SEMELHANTES? AFINAL PAU QUE DÁ EM CHICO TEM QUE DAR EM FRANCISCO… E ISSO PARA QUALQUER UM, INDEPENDENTE DO PARTIDO POLÍTICO!
    O POVO TEM QUE EXIGIR TODA A LIXAIADA NA CADEIA, URGENTE, PARA O PAÍS PODER COMEÇAR A ANDAR. NÃO É POSSÍVEL CONTINUAR O PAÍS PARADO POR CAUSA DESSAS QUADRILHAS DE LADRÕES REFESTELADOS EM CARGOS E FUNÇÕES, TODOS JURANDO INOCÊNCIA! A JUSTIÇA TEM QUE SER MAIS EFICIENTE, QUE PARE TUDO E COLOQUE O PAÍS PARA ANDAR, E ISSO SÓ É POSSÍVEL COLOCANDO A LADRÃOZADA TODA SOB PRISÃO PREVENTIVA, DEPOIS QUE SE LEVE O TEMPO QUE QUISER PARA JULGAR, CONTANTO QUE O PAÍS COMECE A ANDAR NOVAMENTE “PARA A FRENTE”!

  18. Luiz Henrique deFreitas disse:

    Esta espingarda dele esquentou tanto de dar tiro em outras pessoas que aqueceu demais e curvou 160 graus e acertou nele mesmo KKKKKKKKKKKKKKK Sai deste cargo que te pertence tranqueira.

  19. JOSE LOPES NETO disse:

    Excelente. Parabéns pela postagem.

  20. Antenor disse:

    Não podemos confundir as coisa! O processo de impeachment da Dilma está dentro dos preceitos legais. Não é correto dizer que se o Cunha é agora impedido de desempenhar suas funções de deputado e de presidir a câmara, “o afastamento de Dilma perde a validade”. É uma falácia!
    São duas situações distintas. O processo de impeachment seguiu tudo o que o STF determinou e vem seguindo o rito, à risca. Não adianta esperneios e nem imaginar que a Dilma vá se livrar de sua derrocada. Primeiro, que não há mais governo. Segundo, que a mesma não dispõe de mais nenhuma condição de apoio político. Tem que sair mesmo para que o País possa começar uma nova fase. Uma pergunta: Ministro Teori, E o Lula, quando é que será julgado? Outra: E o Renan? O Brasil precisa de uma LIMPEZA URGENTE! Saia de cima do processo do Lula e passa logo para o Juiz Sérgio Moro, por favor!

  21. Mauro disse:

    Nesse momento, o mandato de Eduardo Cunha já está suspenso pelo STF, por maioria de votos dos Ministros daquela Corte, que agiu dentro de seu tempo, sem pressa e sem julgamentos desnecessários, até porque não é o papel de um Supremo Tribunal, seja de que pais for.
    Não compactuo com E.Cunha e nem deveria, porem os mais sensatos deverão admitir que ele contribuiu para que o mal maior possa ser extirpado e nisso ele foi um mestre que ensinou a alguns alunos malfeitores tanto ou mais que ele, como se age com quem pensa que pode tudo e qualquer coisa a qualquer preço.
    Dilma brincou com fogo e com fogo será carbonizada da politica brasileira e o Brasil cansado da ineficiência e da mentira petista, de uma maneira até irônica, deve aplaudir Cunha. EU APLAUDO!
    Eduardo Cunha deve pagar pelos erros que cometeu assim como qualquer cidadão que transgride as leis, mas entre a cruz e a caldeirinha, ele foi o capeta que apresentou Dilma ao inferno e ajudou a acender a chama que vai arder o PT.

  22. Prezado Kennedy,

    pode ser um problema também para o Temer. Pois negociando com Cunha, teria alguém que de certa forma, apascentasse um “baixo clero” faminto e poderia lhe conter. Este pessoal ficou muito “mal acostumado” com o Cunha. Agora serão feras esfomeadas, descoordenadas e indomáveis, exigindo comida do Temer.

  23. juá disse:

    O que a nação viu hoje foi o STF batendo cabeça com o Cunha. ( É Mole Sr. Teori )Só agiu porque foi pressionado, se não estava ainda protegendo Cunha e sua Gangster. Foi isso que ficou claro para todo o Brasileiro, na minha opinião o Sr Teori e Também o Sr Gilmar Mendes deveriam serem investigados por atrapalhar a Lava Jato.
    Por não Agirem e nem deixar o Sergio moro Agir.

  24. BRUNO HENRIQUE LEÃO disse:

    JUSTIÇA FEITA. PLENARIO DÁ O TIRO DE MISERICÓRDIA.

    BOLA DE CRISTAL:

    1- DILMA AFASTADA
    2- LULA PRESO
    3- CUNHA CAI
    4- SUCESSOR DE CUNHA (WALDIR MARANÃO), CONVOCA ELEIÇOES PARA PRESIDENTE DA CAMARA, JÁ QUE CUNHA SAIRÁ DENTRO DOS DOIS PRIMEIROS ANOS DE MANDATO; ASSIM SENDO , MARANHAO NÃO ASSUME DEFINITIVAMENTE.
    5- CUNHA ABRE O BICO E ENTREGA: TEMER E CALHEIROS; ASSIM OS DOIS SE TORNANDO INELEGÍVEIS A PRESIDENCIA.
    6- TODOS OS POLITICOS DENUNCIADOS POR CUNHA, CAEN.
    7- LEVANDOWSKI CONVOCA ELEIÇOES PARA PRESIDENTE.
    8- MARINA OU BOLSONARO ELEITO.
    9- SERGIO MORO NO STF.
    10- SAI A TÃO SONHADA REFORMA POLITICA, OU O PARLAMENTARISMO INSTITUIDO NO PAIS.
    11- ECONOMIA E CRESCIMENTO ECONOMICO REESTABELECIDOS.

    ANOTA AÍ…

  25. Questionador disse:

    Agora que engatou a primeira marcha, vamos ver se o Teori tem fÕlego para cassar o Aécio, o Maluf, o Temer , o Agripino e todos aqueles que assaltaram os cofres públicos.

  26. RAYMUNDO AVELINO disse:

    O Supremo defrontou-se com um político sagaz, que ao mesmo tempo, é um grande estudioso das questões jurídicas que envolvem ações políticas. Com certeza, diferentemente da presidente Dilma que conta com um desesperado José Eduardo Cardoso em sua defesa contra o pedido de impeachment, dizendo que com a deposição do Eduardo Cunha da presidência da Câmara, pedirá a anulação do processo em curso, Cunha, com sua frieza, impetrará recurso no STF, questionando a decisão de afastá-lo. Pois sua análise de defesa, segundo ele, se baseia na independência dos três poderes.
    Por outro lado, saindo Cunha da linha sucessória, ficará Renan que ainda não é Réu, mas está com uma penca de ações no STF.

  27. A LEI TEM QUE SER PARA TODOS! disse:

    SENHOR MINISTRO TEORI! STF! PGR!JUIZ SERGIO MORO!
    ESTÃO FALTANDO O LULA, RENAN CALHEIROS, ROMERO JUCÁ, PALOCCI, JADER BARBALHO, ERENICE GUERRA, E MUITOS OUTROS SEMELHANTES!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-11-17 22:31:25