aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
19-08-2014, 0h05

Toffoli diz que TSE vota caso Arruda antes da eleição

9

ISABELA HORTA
Brasília

Em entrevista ao SBT, o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), José Antonio Dias Toffoli, afirmou que o Tribunal decidirá sobre o recurso de José Roberto Arruda antes da eleição. Postulante ao governo do Distrito Federal pelo PR, Arruda teve seu registro de candidatura indeferido pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral), na última terça-feira, com base na Lei da Ficha Limpa. Preso em 2010 por envolvimento no mensalão do DEM, o ex-governador do Distrito Federal foi condenado em segunda instância por crime de improbidade administrativa em julho.

Toffoli rebateu a crítica do juiz eleitoral Márlon Reis de que a legislação processual eleitoral brasileira é “muito ruim”. Disse que a Justiça Eleitoral “cassa demais”. “Não podemos sair cassando políticos sem a devida comprovação; senão, nós subtraímos a vontade do eleitor e substituímos pela vontade de um juiz.” O ministro afirmou que foram anulados mais mandatos nos últimos dez anos que durante toda a ditadura militar.

Para o chefe do TSE, as doações de grandes empresas aos candidatos criam “uma relação de intimidade”. “Ninguém dá dinheiro a ninguém sem ter algum tipo de relação de, no mínimo, apoio ou de confiança.” Ele votou a favor da proibição das doações de empresas privadas em julgamento no STF. Um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes adiou a decisão sobre a matéria.

Toffoli comentou ainda sua relação com Eduardo Campos, candidato do PSB à presidência morto em um acidente aéreo na última quarta-feira. “Era um ser humano muito amigo, aqueles que precisam ter na política: pessoas que compõem, que dialogam, que trazem propostas, que trazem temas importantes à discussão. Ele sempre foi uma pessoa muito alegre, muito família. É um momento de muita tristeza. Ele fará falta à política e à nação brasileira.”

Comentários
9
  1. David Dias disse:

    É o homem é deverás imperfeito e somente comete imperfeições tentando inclusive querer mudar a natureza e os designios de Deus.Neste caso querem beneficiar um mau elemento em detrimento de toda a sociedade. Deveria ser ao contrário defender a sociedade destes maus elementos. A natureza é perfeita e, quando tem que agir, age e atinge à todos seja quem for.

  2. Wanderley Lincoln disse:

    O que importa neste país é a amizade e o senso comum do discurso que a culpa é da democracia e das leis que devem ser cumpridas. Estes legisladores nãos as mudam para que as mesmas possam continuar a darem guarida aos interesses deste corruptos, ou seja, esta democracia e as leis que temos não servem à ética e a moral e muito menos aos interesses dos cidadãos deste país, desde que satisfaçam às necessidades destes corruptos, custe o que custar, acreditem o tse vai validar a candidatura do corrupto josé arruda.

  3. João disse:

    Estamos de olho pra ver se S T F vai absolver o Arruda….

  4. Wilson disse:

    Uma pergunta: Se o Azeredo fosse do PT, o estimado ministro teria tomado esta decisão? Claro que não!

  5. anonio adonel gomes de araujo disse:

    Concordo com o Ministro Dias Toffoli, entendendo diferentemente de David Dias, quando diz “…querem beneficiar um mau elemento em detrimento de toda a sociedade.”, considerando que, as pesquisas de intenção de voto, demonstram que não é toda a sociedade que está contra a manifestação de Sua Excelência, o Ministro.

  6. Roberto disse:

    Interessante a argumentação do ministro. “Ninguém dá dinheiro a ninguém sem ter algum tipo de relação de, no mínimo, apoio ou de confiança.” Da mesma maneira que ele foi indicado ao STF pela presidente para beneficiar a gang do PT que foi enjaulada. O advogado de J. Dirceu não ficou nem vermelho para se declarar impedido de participar do julgamento. Fez mais ou menos o que criticou com a declaração acima.

  7. Vicente Feitosa da Silva disse:

    Não tem cabimento advogados com escritórios, serem ministros de qualquer instãncia da justiça.

  8. CLOVIS disse:

    Como o julgamento9 do ARRUDA,será pelo STF ,já pode considerar que ele será absolvido.

Deixe uma resposta para David Dias Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-12-02 10:04:43