aki

cadastre-se aqui
aki
Política
17-07-2019, 11h15

Toffoli reforça blindagem dos Bolsonaro

Presidente deve resposta sobre forma de empréstimo a Queiroz
3

Kennedy Alencar
BRASÍLIA

Do ponto de vista técnico, há argumentos contra e a favor da decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, de suspender investigações criminais que utilizem dados compartilhados por órgãos públicos sem autorização judicial.

Politicamente, a decisão de Toffoli reforça a blindagem jurídica do presidente Jair Bolsonaro e de seu filho Flavio, este investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por suspeita de peculato, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa no gabinete na época em que foi deputado estadual. Hoje, ele é senador pelo Rio.

Bolsonaro e o filho deveriam ser os maiores interessados na conclusão da investigação. Seria coerente com o discurso que fizeram.

Mas o pedido para não ser investigado é indício da fragilidade da defesa de Flávio Bolsonaro. Na prática, o caso Fabrício Queiroz fica paralisado. Queiroz é suspeito de ser laranja de um esquema para apropriação indébita de salários de funcionários da Assembleia Legislativa do Rio.

Nesse caso, há, entre tantas, uma pergunta importante que está sem resposta. O presidente da República não respondeu até hoje como emprestou R$ 40 mil a Queiroz. Houve transferência bancária? Preencheu um cheque? Emprestou em dinheiro vivo?

Por uma questão de transparência e coerência, Bolsonaro deveria dar essa resposta ao país.

Ouça o comentário feito ontem no “Jornal da CBN – 2ª Edição”:

Comentários
3
  1. walter nobre disse:

    Kennedy, a intenção evidente, foi ser heterodoxo, já que a corte, não vai aprovar esta medida, pelo colegiado; esta sendo estratégico, usando o caso do Flavio, esta livrando muitos casos, na câmara do Rio, e por outro lado, causa prejuízos direto a Lava jato…seu intuito porém, é criar dificuldades ao COAF, por não aceitar que o Paulo Guedes, possam por tabela, investigar movimentações estranhas, já que o governo, quer endurecer nesta questão; resumindo, tudo contra a condução, contra a corrupção; quem critica esta atitude, são todos os juristas, a favor da Lava jato…não pode ser monocrático, numa decisão que envolve tantos interesses da sociedade; não esta preocupado com blindagem aos bolsonaro, já que demorou muito; se visa isto, servirá para a intercept…

  2. Izide F. Elias disse:

    Kennedy, vc é o diferencial na CBN. Obrigada pela corajosa honestidade profissional que a muitos jornalistas tem custado um alto preço. Boa sorte! Abraço!

  3. Felipe disse:

    Sem contar que ele travou o COAF a liberar dados a varias investigações de bandidos que cometeram diversos crimes…
    Blindou a bandigagem toda! Esta é o principal problema desta decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-29 19:59:05