aki

cadastre-se aqui
aki
Política
13-08-2014, 22h24

Tragédia deve mudar estratégias de Dilma e Aécio

7

Postado por: ISABELA HORTA

O tema do “SBT Brasil” desta quarta-feira foi a morte de Eduardo Campos, candidato do PSB à presidência, em um acidente aéreo em Santos, São Paulo. Campos era uma revelação da nova geração de políticos. Jovem, com apenas 49 anos, já era um político acima da média. Combinava a habilidade nas negociações partidárias com o gosto pela gestão de governo. Nesta eleição, tentava romper a polarização entre o PT e o PSDB, partidos que se revezam no comando da Presidência da República desde 1994. Ele enfrentava dificuldades nas pesquisas, mas esperava que, em breve, com a propaganda política no rádio e na TV, pudesse crescer e chegar ao segundo turno. Seria difícil vencer neste ano, em 2014, mas certamente seria um nome ainda mais forte para a sucessão de 2018.

O primeiro impacto da morte de Campos é a paralisação das campanhas eleitorais. Todos os principais candidatos cancelaram seus compromissos. A presidente Dilma Rousseff decretou luto oficial por três dias e suspendeu a campanha por três dias. A substituição de Eduardo Campos é um assunto delicado, porque o PSB está sob o impacto da tragédia. Mas a substituta natural é Marina Silva. Ela e Eduardo Campos estavam muito afinados. O PSB tem dez dias de prazo. Vai fazer essa discussão com calma, mas não há entre os filiados antigos do PSB outro político com a densidade de Campos. E Marina, recém-filiada ao partido, tem essa densidade.

Muda bastante a estratégia eleitoral de Dilma Rousseff, do PT, e do senador Aécio Neves, do PSDB. A polarização entre os dois parecia consolidada. Eduardo Campos tinha dificuldade para romper esse duelo. Se Marina Silva virar mesmo a candidata a presidente do PSB, ela pode tirar votos de Aécio e de Dilma. Aumenta a chance de haver segundo turno. Hoje, parece que a presidente Dilma tem uma vaga assegurada numa eventual segunda fase. Portanto, se Marina entrar na disputa presidencial, haverá maior dificuldade para Aécio se manter como o principal nome da oposição.

Assista aos comentários no “SBT Brasil”:

Comentários
7
  1. Se o PSB quiser entrar no páreo da disputa presidencial entre os dois candidatos que estão à frente nas pesquisas, deverá urgentemente convocar a Marina Silva para ocupar o lugar do infortunado candidato Eduardo Campos, pois ela miseravelmente ainda detém cerca da metade dos votos fiéis da última eleição presidencial, os quais, menos da metade escolheria outro candidato senão ela, Marina Silva. Outro tanto, não iria às urnas, preferindo pagar o valor pequeno da multa eleitoral pela abstenção sem justificativa.Assim, ela já entra como candidata muito conhecida pelo Brasil inteiro.Portanto, acho eu que a Marina vai para o segundo turno disputar ombro a ombro com um dos dois rivais políticos. que são o Aécio e a Dilma.Acho que no debate vai ter uma exibição estupenda, face a sua modernidade e avançado senso de ética e moralidade, calma, poderá encurralar quem ousar for mais agitado e nervoso sob a luz dios refletores quentes dos estúdios de TV.

  2. Pedro Claver Melo Freire disse:

    Marina nunca foi e continua não sendo uma política gabaritada para assumir a Presidência da República. Eduardo Campos se colocava como a 3ª opção assim as pesquisas apontavam Marina não tem o carisma de Eduardo ela é uma candidata sem projeto para o Brasil com ela o País quebra rápido chega de Presidente sem visão Macro. Tem que estimular os investimentos no Brasil, credibilidade traz novos investimentos em todos os setores imagináveis para Economia.
    Pela cabeça micro dos Petistas é possível que ela tire voto de DILMA porque o eleitor de Aécio Neves estar cheio de ideias Bolivarianas ele quer mudanças estratégicas que tire o Brasil do descrédito internacional elevando o crescimento real do PIB.

  3. Pasquale disse:

    Agora começo a definir meu voto,nos comunista nunca e jamais votarei.
    Portanto independente do Aécio ser um grande candidato,o mais importante ele já definiu.
    Será Armínio Fraga comandando o lado economico(conheço seu trabalho),grande capacidade no que se refere a economia.Basta ver seu currículo.

    Presidente do Banco Central entre 1999 e 2002 e principal acionista da Gávea Investimentos, Fraga é coordenador do programa econômico de Aécio Neves e um dos nomes mais apontados como ministro da Fazenda de uma eventual administração do candidato do PSDB.

    Sua declaração inicial para a palestra, com o título “Minha plataforma econômica e de desenvolvimento para o Brasil 2015-2019”, foi que o país “é de renda média baixa e em função disso deveria ser relativamente fácil crescer a um ritmo acelerado e por muitos anos.”

    Na sua visão, a inflação no teto da meta e o sucateamento da indústrias são “consequências de um modelo econômico antiquado. Não precisa nem olhar a historia de outros países, só dentro de casa.”

  4. Rubens disse:

    Encabeçada por Marina, o mais relevante da chapa poderá ser a escolha de seu vice, pois a esquálida evangélica não parece poder suportar o tranco do Poder. Quem mirar nisto, poderá acertar o futuro do PSB.

  5. Tiago Silva disse:

    Kennedy,

    Acredito que a Marina Silva é a candidata natural do PSB e, caso o PSB seja Sábio, coloca Erundina como vice. Com essa ação o PSB se fortalece no Estado de São Paulo (pega eleitores de esquerda pela Erundina e pega eleitores de direita, pois apoia Alkimin) – além do fato de Erundina ser simpatizada pelos nordestinos e conhecida no sudeste. Assim o PSB ganharia votos no Norte (reduto inicial de Marina), votos de São Paulo (tanto de esquerdistas como de Direitistas), perderia menos votos no Nordeste com Erundina na chapa (não vejo nenhum nome do PSB do nordeste que tenha força – e que não já esteja disputando reeleições -, além de Erundina ser associada a nordestinos). Bastaria a Marina avançar ainda mais no Nordeste, Rio de Janeiro e no Sul (principalmente com a ajuda de militantes da Rede). O único lugar que vejo dificuldade de crescimento com essa chapa Marina e Erundina seria em Minas Gerais… mas este Estado é dificultoso até para Dilma.

  6. Tiago Silva disse:

    Ahhh outra pessoa que vejo que poderia ter condição de ser vice de Marina, seria Eliana Calmon (além de Erundina já citada). Eliana Calmon teria em favor da chapa a associação com uma pessoa ligada a honestidade e coragem de combater as estruturas retrógradas (como o Judiciário). Eliana Calmon é baiana e também favoreceria o voto do Nordeste, além de poder alavancar o voto das pessoas mais instruídas e o voto dos descontentes com os casos de corrupção em Dilma (mensalão, associação a políticos sujos) e Aécio (mensalão mineiro, privataria e o Aeroporto da família de Aécio construído com dinheiro público). O único problema é que não poderia alavancar tantos votos em São Paulo (o que Erundina teria a capacidade de agregar o voto da esquerda em SP, o PSB está associado a Alkimin e ainda tem os descontentes de o PSDB ter preterido Serra por Aécio). Assim a melhor chapa que poderia levar o PSB desbancar o PSDB para a disputa no segundo turno com Dilma seria: Marina Presidente e Erundina ou Eliana Calmon para Vice-Presidente.

  7. gesiel disse:

    É VERDADE, MUDA E MUDA MUITO, porque aquela FALTA DE COERENCIA DO EDUARDO CAMPOS em: criticar a Dilma, um governo que ele fez parte e que deu segmento ao governo Lula que reconstruiu a economia brasileira que o FHC destruiu; e poupar o Aecio, que fez um governo controverso em Minas e pertence ao PSDB que não investiga e não pune corruptos; ERA A MAIOR DISCORDANCIA ENTRE A MARINA E ELE. O Aecio DEVERÁ RECEBER CRITICAS DO PSB como a Dilma ja estava recebendo. O Alckmin NÃO CONTARÁ COM O APOIO DA MARINA, que deverá SUBIR NO PALANQUE DO PAULO SKAF, visto que o Padilha apoia a Dilma e o Alckimin apoia o Aecio; e não faria sentido A MARINA, que DEIXOU O PT PORQUE ESTAVA DESCONTENTE COM PETISTAS ENVOLVIDOS NO MENSALÃO DO CONGRESSO, manifestando apoio ao Alckmin do PSDB; UM PARTIDO QUE NÃO DEIXA FAZER CPIs e MUITO MENOS PUNE CORRUPTOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 14:46:18