aki

cadastre-se aqui
aki
Política
13-12-2017, 8h32

TRF de Porto Alegre age com casuísmo em relação a Lula

Tramitação recorde tende a gerar mais tensão no país
50

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Cumpriu-se a profecia do presidente do TRF (Tribunal Regional Federal) da 4ª Região, Carlos Eduardo Thompson. Ele havia dito que a 8ª Turma do TRF-4 julgaria o ex-presidente Lula no processo do apartamento no Guarujá antes das eleições do ano que vem. O julgamento está marcado para 24 de janeiro.

Numa primeira avaliação, trata-se de um casuísmo para acelerar a tentativa de retirada do ex-presidente da eleição de 2018. A Justiça no Brasil tem tradição de ser lenta. Em tese, uma decisão rápida deveria ser de interesse do réu. No caso de Lula, há duas possibilidades para explicar a tramitação recorde do recurso.

Na primeira hipótese, os desembargadores chegaram à conclusão de que seria frágil a sentença condenatória dada pelo juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba. O apartamento do Guarujá não está no nome de Lula. A sentença não mostrou ligação entre obras de benfeitoria da OAS no apartamento com contratos da empreiteira com a Petrobras. Nesse cenário, a pressa inusual do tribunal seria para absolver Lula, mas essa é a possibilidade menos provável.

A mais provável é que os desembargadores tenham chegado à conclusão de que a sentença de Moro seria consistente. A pressa incomum seria uma forma de dar no começo do ano que vem uma resposta a uma das principais questões da campanha, se o ex-presidente poderá ser candidato ou não.

Pode ser invocado por jornalistas o argumento de que a decisão sobre o recurso do ex-presidente ajuda a dar mais definição ao cenário eleitoral, deixando mais claro quem vai concorrer. Mas essa justificativa não serve à régua da Justiça.

Se a Justiça é lenta, prejudica. Se acelera um caso por cálculo eleitoral, realiza uma interferência no processo político. Em ambas as situações, não se faz justiça.

Nas hipóteses de absolvição ou condenação no TRF da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, a tramitação recorde se revela um casuísmo porque o nome na capa do processo é o de Lula. Isso é errado.

Juízes não devem fazer política. Quando interferem no processo político, magistrados permitem que sejam questionadas a imparcialidade e a justiça de suas decisões. É o que está acontecendo no caso de Lula.

*

Batalha jurídica

Se ocorrer uma condenação, o PT já anunciou que travará uma batalha nas instâncias superiores para manter a validade da candidatura. Uma decisão negativa do TRF de Porto Alegre dificultará o plano do PT para viabilizar a postulação presidencial. A data do registro oficial das candidaturas para a eleição do ano que vem é 15 de agosto.

Com a condenação de Lula em janeiro, haverá mais tempo antes do registro oficial das candidaturas a fim de que as instâncias superiores se manifestem a respeito da legalidade da candidatura.

Antes de 15 de agosto, é provável que já tenha sido tomada uma decisão no âmbito do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que será presidido pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux.

Aliás, Fux antecipou o seu entendimento sobre o caso de Lula, dizendo que, por ter sido denunciado e responder a processos, não deveria ser candidato nem empossado em caso de vitória. Fux alega que a Constituição prevê que um presidente denunciado no âmbito do STF seja afastado do cargo e que isso deveria valer para candidatos ao cargo.

Fux, que deverá julgar o caso de Lula, fez algo que magistrados não devem fazer: antecipar um entendimento sobre um caso concreto que julgará. É provável que, sob o comando de Fux, o TSE também tente acelerar sua decisão e faça um julgamento em tempo recorde.

Apesar da possibilidade de recursos que arrastem a discussão, outras instâncias da Justiça que deverão ser procuradas pela defesa de Lula, como o Supremo e o STJ (Superior Tribunal de Justiça) também teriam mais tempo para tomar uma decisão antes do primeiro turno das eleições em 7 de outubro do ano que vem.

Outro fator: com a eventual condenação no TRF de Porto Alegre, haverá possibilidade de prisão de Lula após a decisão de segunda instância, porque a presidente do Supremo, Cármen Lúcia, evita colocar em pauta um processo que já está pronto para ser julgado e que pode levar o tribunal a mudar a sua jurisprudência.

Em resumo, Lula vai lutar juridicamente e sua defesa tentará esticar os prazos para que ele possa concorrer legalmente, mas não será tarefa fácil vencer tantos obstáculos jurídicos.

*

Efeitos políticos

Se houver a absolvição, hipótese menos provável, a candidatura de Lula obviamente se fortalecerá. Se acontecer a condenação, cenário mais provável, a candidatura do ex-presidente se enfraquecerá.

No curto prazo, uma eventual condenação beneficiaria os adversários de Lula na disputa eleitoral, sobretudo aqueles que já estão em campo mais abertamente, como Jair Bolsonaro (PSC), Ciro Gomes (PDT) e, mais recentemente, Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB).

No entanto, se prevalecer a condenação, haverá reforço da narrativa de perseguição e da continuidade de um golpe contra o PT. Isso poderá dar força a Lula para ser um cabo eleitoral ainda mais influente, vitimizado por uma caçada jurídica e política.

Enquanto o ex-presidente é tratado com celeridade pela Justiça, o STJ não definiu se abrirá inquérito para investigar acusações de caixa 2 nas campanhas do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

O Supremo até hoje não condenou ninguém nos processos da Lava Jato. No caso do senador Aécio Neves, há farto material probatório quando se compara à situação de Lula. Aécio se encontrou com o empresário Joesley Batista. Gabou-se de ter indicado o presidente da Petrobras. Sugeriu influência na estatal. Pediu R$ 2 milhões a Joesley, o que ele alega ser empréstimo, mas recebeu a quantia em malas dadas a intermediários.

Essas diferenças de tratamento da Justiça serão apontadas pelo PT durante a campanha.

Outro efeito político da eventual condenação será aumentar a tensão no debate público. Uma ação seletiva da Justiça terá alto custo institucional para o país.

Do STF, de onde poderiam sair atitudes corretivas, como fazia o ministro Teori Zavascki em alguns casos na Lava Jato, não há sinal de esperança nesse sentido. Na comparação com as eleições de 2014, devemos ter uma campanha eleitoral mais agressiva e que poderá dividir o país ainda mais. Esses dois fatores são fermento para os nossos problemas econômicos e sociais.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
50
  1. Edi Rocha disse:

    O que mais preocupa nisso tudo é que a justiça do país não percebe que, atuando com exceções, vão alimentando o caos. Hoje há muita insegurança jurídica, inclusive no STF.
    Isso afeta a economia, precariza as condições da maioria da população e o próprio alto escalão do funcionalismo público tendem a obter acordos coletivos de trabalho com menos benefícios (embora ainda em situação muito melhor que a maioria da população). Ou seja, é um efeito cascata.

    • carlos alberto c cunha disse:

      Correto. Chega a ser sandice. Enquanto isto, o Temer deita e rola, posando de estadista, alheio à uma questão de deve nortear a vida de qualquer cidadão de bem: A HONRA.

  2. Paulo disse:

    Não sei a que ponto existe o casuísmo, pois desconheço o tempo médio de trâmite nos julgamentos dos recursos, no TRF da 4ª Região, mas que a omissão, em alguns casos, e a contemplação, em outros, por parte do STF e do STJ (pra não falar do TSE), em diversos julgamentos relacionados, criaram uma sensação de impunidade e injustiça, no país, isso criaram, sim. E agora farão pior: darão a impressão de perseguição política, caso haja a esperada condenação…

    • walter disse:

      Exatamente caro Paulo; há uma manipulação constante na defesa do lula, parece que a justiça tem certa exclusividade para os casos do ex presidente; tentam desqualificar os juízes, exigindo retornos periciais, de documentos fornecidos por eles; contestam tudo; quem acaba especulando a celeridade do processo, são seus defensores, com erros crassos, sem qualquer nexo…sinceramente, isto é muito bom para o lula, esta “agilidade”; devem consider as eleições a frente; caso seja absolvido, seguirá com suas ambições políticas…não podem, e deveriam pensar melhor, não transformando o lula em vítima; este “tiro sairá pela culatra”, já que outros processos, serão mais “cabeludos” e surgirão…este País merece respeito; são reservados, apesar de tudo, o direito amplo de defesa, a “qualquer” apenado…infelizmente em brasília, todos podem…

      • Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

        Walter corretíssimo como sempre: Justiça tardia é justiça negada !
        (apesar dos petistas sempre inconformados neste foro de debates).

      • Eder Oliveira disse:

        Vá ler “comentários de uma sentença anunciada – caso Lula”, depois comente sobre este processo.
        São mais de 100 juristas (incluindo professores de membros da “farsa” jato e autores de livros ditos como “a bíblia” do judiciário).
        Não existe um único jurista que tenha postado um comentário a favor da tese do juiz de Curitiba.
        Se você conhece, por favor me diga que terei enorme prazer em lê-lo.
        Até la..
        CALE-SE!

      • Sebastiao Canabrava disse:

        Com estas palavras, o Sr Walter so’ pode ser um advogado… dos tucanos, e’ claro. Nao fala coisa com coisa. E precisa aprender com outros advogados (como os dos tucanos) que, defesa e’ defesa e nao acusacao.

    • amalia maria de oliveira disse:

      Disse tudo…..

    • Barroso disse:

      O tempo médio de tramitação de um processo em segunda instância lá é de 13 meses, na segunda instância (segundo o CNJ), o que faz o julgamento de Lula ficar fora dos padrões, mesmo para o TRF4 que é muito rápido.
      Resta saber se outros julgamentos foram preteridos para dar preferência ao processo de Lula.
      Neste caso, aí sim, teremos um casuísmo absurdo, não aceitável.
      Seja lá qual for o resultado deste processo, sabemos que o pleito sem Lula não será o mesmo e perde um muito da legitimidade.
      Mais, seja quem for o novo presidente, terá muitas dificuldades em unificar o país, pois parte da população não aceitará o resultado – e com razão.

  3. Carlos Eduardo Gomes da Silva disse:

    Se a justiça é lenta a imprensa critica, se é ágil também critica, se a polícia age a imprensa critica se não age também critica, enfim será nossa imprensa independente ou também age de forma casuística e com viés político partidária e ideológica em suas análise. Qual juízo fará um cidadão analfabeto funcional que dizem ter a mesma importância no peso do voto, com tamanha influência tendenciosa, que papel relevante à Nação realmente tem esta imprensa que aí está.

  4. Juliano Bitencourt Pinter disse:

    Aqui em Santa Catarina (Justiça Estadual) processos crimes são julgados de maneira realmente rápida. Já vi processos de réu preso serem sentenciados (em primeiro grau) em menos de 30 dias, com observância de todo o processo penal. O Tribunal de Justiça, na seara penal, também tem tradição de ser rápido.
    Penso, assim, que, antes de determinarmos se o processo de Lula está ou não tramitando rápido demais, deveríamos obter uma estatística acerca da celeridade dos processos perante o TRF4, a fim de não cometermos injustiças com os membros e servidores daquela Corte.

    • Fábio disse:

      Essa estatística já foi dada. O processo de Lula realmente foi o mais rápido do TRF4, é um fato, não uma opinião. Aliás, não sei se vc costuma ler as colunas do Kennedy, mas ele é um dos jornalistas mais sérios do país e jamais faz comentários no “achismo”.

      • amalia maria de oliveira disse:

        Mas não deixa de ser um petista nato! Não é porque outros safados não foram presos que devemos continuar como o mesmo processo. Nós que temos que gritar e colocar o resto do bando na cadeia, seja de qual partido for. Lula, Aecio, Jucá, Gilmar Mendes, Marco Aurelio e a lista não termina.
        Vamos deixar de olhar partido e olhar mais pelo Brasil. MUDA BRASIL!!!!

        • Sebastiao Canabrava disse:

          Ue’, Maria Amalia, mas e’ voce que esta’ invocando partidos. Tambem acho que todos devem se curvar a lei, independente de partidos. Mas, nao e’ o que vemos. Por que o processo do Alckim nao anda? Por que o do Aecio nao anda? Por que o processo do Eduardo Azeredo (mensalao, lembra? Que renunciou para volta para primeira instancia) demorou 3 anos para ser julgado na segunda instancia? O fato de eu ter um partido, voce ter outro, fulano ter outro, por pode ser pretexto para amenizar com um e acelerar com outro. Ou pode? Esta e’ sua opiniao? Voce acha que esta certo?

    • Thiago Lima disse:

      A média de julgamento TRF4 é de 10 meses. No caso do Lula foi em 4 meses, ou seja, atropelaram processos para deixar Lula inelegível.

  5. Fabio disse:

    Kennedy, o Romero Juca disse, ” Com Supremo e tudo”, entenda-se que o STF significa o Judiciário.

  6. wellington disse:

    fico triste quando vejo a justiça no caso lula em comparaçao ao temer e aecio eduardo azeredo tenha vergonha na cara desjustiça brasileira

    • José Silva disse:

      Vc deveria ter vergonha é de ser petista, pois eu sou petista e estou com vergonha de ver nosso lider com diversos processos de crimes por corrupção algo que combatemos a vida interia!

      • amalia maria de oliveira disse:

        Algo que seria a meta dos petistas, acreditei que seriam menos desonestos. que decepção!
        Enganaram o povo que a dívida externa foi paga, e olha aí agora o rombo!!!!!!!Que tristeza!!!!

  7. Diego Silva disse:

    O casuísmo vem se dando desde o impedimento para que assumisse cargo no ministério de Dilma, até o fechamento do instituto. É o casuísmo da justiça que quem é pobre no Brasil conhece bastante.

  8. JEFFERSON disse:

    Infelizmente nossa justiça é parcial a favor de Temer, Aércio e seus aliados. É uma vergonha institucional do nosso judiciário; e há ainda quem comentem que tem a mão dos EUA em todo o processo para saída de Dilma (PT).
    Hoje nosso país está nas mãos de um presidente covarde que não tem vergonha de suas ações contra os anseios do povo, que aumenta a pobreza neste país, beneficiando os mais poderosos, comprando, com cargos e dinheiro do povo, políticos corruptos para aprovação de seus projetos.
    As palavras do General Mourão são a pura verdade que acontece neste nosso país. Nossos representantes perderam a vergonha na cara. Recentemente o deputado Tiririca mostrou a cara deles em sua fala no congresso, onde afirma o que realmente fazem esses políticos sem vergonha que representam o povo. Agem em favor próprio e para terceiros que lhe tragam alguma vantagem, sabendo que o nosso STF não irá punir nenhum dos poderosos, como vemos as decisões absurdas, como as do Sr. Gilmar Mendes. ABSURDO!

  9. Edenilson disse:

    O TSE inocentou Temer no caso da Chapa alegando não ser protagonista da política.
    Já o TRF faz o contrário.
    E o próprio TSE também já agiu como o TRF.
    Quanto ódio do Bolsa Família.
    Quanto amor pelo Auxilio-Moradia.

  10. Luiz Carlos Heyn disse:

    Não está em nome dele, ele e família nunca usufruíram, nunca alugou… Se seria para ele, nunca foi concretizado. Ou seja, um julgamento político e sem bases racionais. O sítio de Atibaia é diferente, comprovadamente foi utilizado, mas é um outro julgamento.

  11. Javam disse:

    Lamentável! A justiça no Brasil definitivamente tem lado. Vamos deixar de hipocrisia, até as pedras já sabem disso. O judiciário decreta o fim da pouca credibilidade que ainda tem. Tenho receio do caos social que essa condução do procedimento judicial poderá acarretar. A revolução francesa ainda não teve ressonância nestes tristes trópicos. Tomem tenência, irresponsáveis.

  12. JMO disse:

    KENNEDY, A JUSTIÇA RÁPIDA SÓ É INTERESSE DO RÉU INOCENTE, PORQUE O CULPADO SEMPRE BUSCA A JUSTIÇA MAIS MOROSA POSSÍVEL, UTILIZANDO-SE, DE FORMA PROCRASTINATÓRIA, DOS INCONTÁVEIS RECURSOS PREVISTOS NA LEGISLAÇÃO E AINDA CRIANDO OUTROS, “INOMINADOS”. SE A JUSTIÇA FOR CÉLERE (O QUE DEVE SER REGRA) PARA O LULA, NOSSO ANSEIO DEVE SER QUE A RAPIDEZ PERSISTA PARA TODOS, PROPORCIONANDO JUSTIÇA COM EFICIÊNCIA. POR OUTRO LADO, PARECE QUE PARTE DA MÍDIA QUER QUE A MOROSIDADE DA JUSTIÇA SE PERPETUE, O QUE SERIA UM CONTRASSENSO. ME FAZ LEMBRAR A HISTÓRIA DO INDIVÍDUO PARADO EM BLITZ DA LEI SECA QUE DIZ NÃO PODER SER MULTADO PELOS AGENTES, SIMPLESMENTE, PORQUE UM AMIGO QUE PASSOU COM OUTRO CARRO E TAMBÉM ESTAVA ALCOOLIZADO, NÃO FOI PARADO. JUDICIÁRIO, CUMPRA O SEU PAPEL!!!

    • amalia maria de oliveira disse:

      Exatamente!!!!!! disse tudo e mais alguma coisa!

    • p/JMO: SÓ AOS BANDIDOS INTERESSA UMA JUSTIÇA MOROSA... PRINCIPALMENTE OS LADRÕES DE COFRES PÚBLICOS! disse:

      Seu comentário é perfeito! Comentário de quem “enxerga” a verdade… simplesmente porque tem “vergonha na cara”! Realmente, todo bandido que ainda não foi preso, quer que a justiça seja morosa, leniente etc. Ao contrário, o inocente quer que a justiça seja célere, pois o desejo do inocente é “provar sua inocência” – o mais rápido possível!

  13. CARLOS GOMES disse:

    O GOLPE não terminou com o afastamento da Presidenta Dilma… vai se completar quando se eliminar qualquer obstáculo à implantação do neoliberalismo na economia brasileira. Para tanto, é imprescindível que Lula seja impedido de concorrer às eleições presidenciais de 2018. Basta olharmos para os corruptos, principalmente do PMDB e do PSDB, onde os processos se arrastam por décadas ou são engavetados… mas com o Presidente Lula, apenas quatro meses, uma vergonha o que estão fazendo!!!!

  14. Fábio Luís Faria disse:

    Quando vejo a imagem do Lula discursando no Rio de Janeiro e dizendo aquelas asneiras sobre os que foram presos por terem roubado, fico imaginando alguém ter coragem de defendê-lo…

  15. Armando Pinto disse:

    Tem que agilizar o processo. Julgar, aumentar a sentença do juiz Moro, para 18 anos de cadeia, no mínimo, e prender logo esse cara. isso esta demorando demais!

  16. José Sobrinho disse:

    Só Repetindo o que já disseram.. e ainda chamam isso de Justiça.. Aécio Juca..Serra..(Alkimin) acusado de caixa dois em sua campanha..e tantos outros Bandidos sendo inocentado..agora essa pressa com um único cidadão..esse pais ta virando um verdadeiro Banditismo..!!

  17. marcos albernaz disse:

    Uai.Quando a justiça é lenta, caso dos julgamentos do STF, há criticas…e quando ela é celere…também há criticas. Nada agrada a opiniao publica.

  18. José Sobrinho disse:

    Com tanto Bandido sendo inocentado..dentro do PMDB e do P$DB.. e essa Urgência para julgar o Lula se isso não é tendencioso..me faze crer que o Brasil possui um congresso honesto e uma Justiça boa e imparcial..

  19. Marco Túlio Castro disse:

    Quem não deve como ele mesmo afirma, não teme!
    Quanto mais rápido este assunto for resolvido, melhor para ele e
    para o Brasil.
    A não ser que ele esteja pensando que vai …

  20. Rogerio D Maestri disse:

    O Kennedy é um jornalista que não se pode acusá-lo de Petista, a maioria das pessoas dirão que ele é contra o PT, porém nesta sua reportagem ele desmitifica a imparcialidade da Justiça, no lugar de citar Aécio ele poderia citar o mensalão tucano, onde há quinze anos o processo DORME na segunda instância esperando que os crimes prescrevam.
    Está claríssimo para todos que há uma justiça para os “amigos” (PSDB, PMDB) que é lenta para processar seus crimes e outra justiça para os “inimigos” (PT) que é extremamente rápida.

  21. sandra disse:

    Voces sabiam que o tiririca fez aquele discurso todo em nome dos brasileiros, não se enganam

    pois ele vai completar os 08 anos dele como deputado, no começo de janeiro, vai embora sim

    mas não porque ele quer, porque ele vai receber aposentadoria vitalícia, acordem brasileiros

    nem o Tiririca se salva não, todo discurso foi enganação. Tomamos de novo.

    • Sebastiao Pingafogo disse:

      Fia, ele nao vai embora em janeiro. Ele nao esta’ renunciando. O mandato dele termina no fim de 2018. Como tem analfabeto politico neste pais.

  22. Edivelton Tadeu Mendes disse:

    E com certeza será condenado, pelo que fez e pelo que permitiu fazer!

  23. Re disse:

    Se demais processos da Lava a Jato demoraram 1 ano para serem julgados no TRF-4, como mostrou a Folha, e o do Lula 4 meses, há algo estranho. O ideal é o que diz o Kennedy – nem célere demais para não ser atropelado, nem lento demais que nunca tem fim como no caso do Azeredo, do mensalão tucano.

  24. ANDRE disse:

    Gostaria até de dizer que se trata de juízes fazendo o seu trabalho, mas não é. Estão trabalhando desta forma por razões políticas. Ou seja os juízes querem poder interferir no voto, querem tirar do povo o direito de elegerem ou rifarem candidatos. Eu como povo me perguntaria, porque a bolsa sobe quando antecipam o julgamento do Lula e da mesma forma subiu quando a câmara barrou a denuncia do Temer. Se fosse por questão de justiça, deveria subir no primeira, mas cair na segunda. Juízes trabalhando para o mercado financeiro, será isto? O lula pode ser culpado, mas no caso do apartamento do Guarujá, as provas são fracas, a condenação parece ser política, principalmente se comparada a outros personagens da política, como o presidente Temer, Jucá, Aécio, Agripino, Padilha e Moreira Franco entre outros. Se a sede de celeridade fossem para todos estes,incluindo o Lula, ai sim não caberia críticas.

    • p/André. disse:

      Provas fracas? Só não tem a escritura em nome dele… será que a falta de senso do absurdo não existe mais na cabeça de quem defende esse cara? Ele é um “bagre ensaboado”, disso é que ninguém pode ter dúvida. Vejam que no Mensalão foi o Dirceu para a cadeia, mas ele foi blindado. Até quando vão continuar blindando esse cara? Não tem nada a ver se não prendem Temer, Aécio, Jucá, Renan etc, que também, num país sério já deveriam estar presos. Mas querer dizer que não há provas sobre o apto do Guarujá, é querer passar atestado de burrice… prova não pode ser apenas documento assinado! Há inúmeras provas de que o apto era para ele…vamos parar com hipocrisia, que é o que está acabando com o país!

      • Sebastiao Augusto Canabrava disse:

        Pelo jeito,este Andre deve ser um advogado. Para entender tanto deste processos e suas provas.
        So’ que nao.
        Como ele, existem pessoas que falam o que veem (ou ouve) presumindo ser a verdade. E existe outras que falam aquilo que querem que seja a verdade. A sua verdade.
        O mundo da’ voltas, e numa volta acontece alguma acusacao contra esta pessoa, sem provas. E ai’, entra em cena a lamuria, clamando justica.
        Lei e’ para ser cumprida na integra e nao com mera interpretacao. Sem provas, ninguem pode ser condenado. E para condenar alguem (que quer que seja), as provas tem que ser incontestaveis, robustas. Conviccoes nao sao provas. Muito menos, ilacoes.

  25. Claudio Pizzolato disse:

    Claramente Lula utiliza sua pré-candidatura como meio de defesa. A insegurança jurídica não decorre da celeridade do julgamento da causa na qual ele é réu, mas dos reiterados ataques que ele profere contra os poderes constituídos, a ponto de questionar publicamente as decisões condenatórias proferidas em desfavor do ex-governador do RJ. A quem interessa esse tipo de comportamento, senão a ele mesmo?

  26. Stanislaw: Direto ao assunto! disse:

    Em “minha opinião” (pena que não vale nada) já passou da hora de Lula ir para a cadeia. Da mesma forma Temer, Aécio, Renan, Jucá, Sarnei, Jader Barbalho, Padilha, Moreira Franco, Gleisi, Paulo Bernardo, Vacareza, Maluf, Pezão, Pimentel, Marun, Perondi, Gilmar Mendes, mais 80% dos senadores e deputados federais etc etc etc

    • FABIO disse:

      Imaginou que prenderem também os corruptores? Muitas companhias enormes, inclusive (e talvez principalmente) Multinacionais ficarão sem executivos …

  27. FABIO disse:

    Kennedy, seu blog é um dos mais imparcias (se não o mais), para mim é uma fonte indispensável de informações. Muito obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-06-20 02:35:45