aki

cadastre-se aqui
aki
Política
23-10-2015, 9h26

Volume de provas dá a Janot trunfo contra Cunha

Ministério Público avalia pedir afastamento do comando da Câmara
32

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O volume de provas contra Eduardo Cunha, que cresce a cada semana, torna concreta a possibilidade de afastamento da presidência da Câmara. Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reúne provas para avaliar a possibilidade de pedir um afastamento do peemedebista do comando da Câmara.

Hoje, uma ação externa, como um pedido do Ministério Público, teria mais chance de tirar Cunha da presidência da Câmara do que alguma articulação que dependesse de um governo fraco, de uma oposição interessada no impeachment a qualquer custo e de deputados federais que devem favores políticos a Eduardo Cunha. O volume de provas dá um trunfo a Janot.

O primeiro impacto de um pedido desse tipo seria alimentar o discurso de vítima. O presidente da Câmara disse ontem que não existe Operação Lava Jato, mas Operação Lava Cunha. É uma versão que não corresponde aos fatos graves que vão sendo revelados semana após semana.

Nos bastidores, integrantes da força-tarefa da Lava Jato afirmam que, se Cunha não fosse presidente da Câmara, mas um executivo de uma empresa investigada, provavelmente haveria um pedido de prisão por ameaça de atrapalhar o andamento das investigações. Pouco antes de apresentar a primeira denúncia contra Cunha, o Ministério Público também cogitou fazer um pedido de afastamento da presidência da Câmara, a fim de impedir o uso de um cargo poderoso em defesa própria.

Esses pedidos não foram concretizados porque Cunha é presidente de um poder da República. Rodrigo Janot achou mais prudente apresentar uma primeira denúncia e continuar investigando o presidente da Câmara.

O Ministério Público da Suíça, então, mandou um caminhão de provas para o Brasil. Esse caminhão de provas poderá criar as condições para um pedido dessa magnitude ao Supremo Tribunal Federal, com impacto político tremendo.

Não há seletividade na investigação. Esse argumento é uma estratégia de fuga para evitar dar respostas às acusações. O caminhão de provas agrava a situação do presidente da Câmara, que está lutando para permanecer no comando da Câmara. Exemplo: utiliza a possibilidade de acatar ou recusar um pedido de impeachment como moeda de troca com o governo e a oposição.

Até agora, o peemedebista tem obtido sucesso. Paralisou o governo Dilma, com a ameaça de desencadear um pedido de impeachment. Deixou à mostra o discurso ético seletivo da oposição, que pega leve com ele e bate duro na presidente. E ainda é preservado por um sentimento corporativista na Câmara.

*

A extradição de Henrique Pizzolato da Itália para o Brasil é uma boa notícia. É mais um exemplo da diminuição da impunidade e do bom funcionamento das instituições no país.

Os corruptos no Brasil não se sentiam ameaçados. Essa sensação de impunidade deu ousadia a muitos deles para cometerem crimes durante anos. O retorno de Henrique Pizzolato, o único condenado do mensalão que havia fugido das garras da Justiça, deve ser visto como mais um exemplo do quanto o Brasil avançou no combate à corrupção.

O julgamento do mensalão e as decisões da Operação Lava Jato alcançaram políticos que, num passado recente, estariam livres, leves e soltos por aí. Houve um trabalho afinado entre a Procuradoria Geral da República e o Ministério da Justiça para trazer Pizzolato de volta ao Brasil que merece ser reconhecido.

Em meados do ano que vem, o Supremo Tribunal Federal analisará a progressão de regime de Pizzolato, do fechado para o semiaberto.

A fuga para a Itália certamente será um complicador. O ministro Luiz Roberto Barroso é quem tem decidido sobre os pedidos de progressão de regime dos condenados no julgamento do mensalão. Barroso é um ministro técnico e liberal, mas o histórico de Henrique Pizzolato pode pesar contra a concessão desse benefício.

Ouça o comentário do “Jornal de CBN”:

Comentários
32
  1. César disse:

    Quando eu ver os grandes peixes da política nacional presos, eu vou acreditar que as instituições estão funcionando bem. Por enquanto eu ainda acho que o corporativismo impera. É só olhar para o resultado da CPI da Petrobrás, da análise das contas do Governo(pedaladas) pelo Congresso, do julgamento do Deputado Paulo Salim Maluf( Ficha limpa) pelo TSE(procurado pela Interpol lá fora), e tantos outros casos, para perceber que nós somos usados para manter o sistema podre dos compadres e companheiros dos Três Poderes.

    • Santos disse:

      Concordo totalmente com seu comentário e ainda acrescento o caso do mensalão, onde os não políticos estão em cana, já os “inocentinhos” políticos… Aliás, devemos a delação premiada do petrolão a isso: os que não eram parlamentares viram que iam pagar o pato sozinhos novamente e resolveram falar o muito que sabiam. Só faltam as “excelências” serem REALMENTE punidas para podermos afirmar que o país está mudando.

  2. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    A CPI da Petrobrás presidida por um deputado do PT que isenta essa famigerada classe política, dá a exata dimensão da deterioração das instituições do país. É um chute no traseiro do cidadão de bem

    • walter disse:

      Cara Maria Aparecida ramos Tinhorão…pior, com tantas provas “cabais”, o cunha continua a dar as cartas, como se fossemos um principado; ninguém o tira de lá, estão travando o Processo com as bençãos do Planalto que por sua vez usa o cunha.
      Somos a “republica das bananas”, a lei só é dura, quando “roubamos” um bombom”; esta claro que o Janot controla tudo, a mando do governo, e nada e ninguém de peso contesta.Sobre o collor, ninguém fala mais nada, já devolveram sua frota duvidosa.

    • Samuel disse:

      A CPI da Petrobras foi Presidida por um Deputado do PMDB, com Relator do PT e Sub-relatores do PSDB, PTB, PSC e PR. A coisa toda é suprapartidária.

  3. Paulo Cembranelli disse:

    Eduardo Cunha é um ilícito a espera de uma sentença a qual porá fim a um dos mais esdrúxulos casos de apropriação indébita do erário público, Janot deve enviar as provas incontestes ao Ministério Público para que este impeça Cunha da presidência da Câmara, pois o cargo exige um ocupante de caráter ILIBADO, palavra que certamente não pertence ao léxico Eduardo Cunha…

    • Santos disse:

      Realmente o cargo exige um ocupante de caráter ilibado, só que com nossos políticos atuais teremos que usar uma lupa poderosa para achar algum, se acharmos…

  4. JClaudio disse:

    Essa é a diferença entre petista e apadrinhados da grande mídia. O primeiro não é preciso sequer ter a materialidade comprovada que vai em cana. Agora, quando o sujeito interessa para atender os fins escusos dessa mídia, pode estar tudo comprovado, que ele canta de galo e derruba até o papa no Vaticano. Taí o Sr. Cunha que não me deixa mentir, né!

  5. Zeca disse:

    E aí Kennedy, será que contra o lula tem provas?
    Que mais falta para incriminar lula?
    Pergunto, porque o povo que pensa, já não suporta mais.

  6. Djalma Camacam Bomfim disse:

    A tragédia, em curso no Brasil, talvez só encontre explicação em William Sheakespeare à luz do contido em HAMLET. É de se supor, que aos mais ingênuos como Ofélia, pudesse perceber que há algo de podre na República Federativa do Brasil. Não se sabe de quem é a culpa mas, o certo é que chega aos nossos dias o alerta que a ingênua e insipiente jovem reporta ao seu irmão Laerte, o qual queria evitar uma possível decepção no relacionamento amoroso com o príncipe Hamlet. Ela, assim propala, agradecidamente:”Terei o nobre sentido das tuas palavras como guarda meu coração. Mas, meu bom irmão:
    – Não faz como certos pastores impostores que nos mostram um caminho pro céu, íngreme e escarpado, e vão eles dissolutos e insaciáveis libertinos, pela senda florida dos prazeres, distante dos sermões que proferiram.”
    Talvez, este alerta, seja mais um dos grandes motivos para considerar Sheakespeare um autor original e clássico, ele transcende aos nossos dias e explica, numa tragédia, uma real situação dos nossos dias.

  7. Wilson disse:

    Dizer que o Pais avançou no combate à corrupção não procede, porque quando um juiz manda prender e o supremo mandar soltar continua a certeza de impunidade.
    Logo só dá mais poder para os corruptos.
    Na verdade a corrupção no Brasil aumentou e muito desde que os militares deixaram o poder.
    E não é porque agora estão investigando é porque houve sim denuncias senão continuariam a fazer as falcatruas como sempre fizeram.

  8. João Alberto Afonso disse:

    Mas estão faltando os verdadeiros chefes dessa quadrilha toda e assessores diretos deles, claro que antigos governantes, atuais e a totalidade dos políticos denunciados no Lava Jato. Enfim, Pizzolato foi plantado para fazer o que fez, o mesmo valendo dizer em relação aos diretores da Petrobras e outros órgãos sob o comando do executivo. Eu fico pasmo quando a Dilma diz que nada tem a ver com a corrupção, mas era Presidente do Conselho da Petrobras, Ministra das Minas e Energias, Chefe da Casa Civil e Presidente da República.Ora, então a responsabilidade “in vigilando” de nada vale, a não ser para a iniciativa privada onde o dono da empresa responde pelos atos de seus comandados. Enfim, vamos ter que engolir o “represamento de ar”, o Renan e suas aventuras extra conjugais onde buscou um amigo de uma construtora para pagar milhões que vieram da venda de gado que jamais teve e o Cunha.

  9. Se tem provas suficientes porque está demorando tanto para tirar esse desqualificado da presidência da Câmara e manda-lo procurar a sua turma em qualquer presidio, olha que lá tem gente bem melhor que ele..
    Enquanto isso ele vai afundando o Brasil mais ainda.
    Esse bandido é um dos exemplos da vergonha que assola a política brasileira.

  10. Elsonio disse:

    O Exmo, se é que podemos chamar assim, mas o Exmo senhor presidente Cunha ja era pra ter saido. Uma coisa que engonha o paiz, é o fato de para com as investigações sobre políticos, acredito que a CPI devia ir até o fim, e coloca-los os robalhos na cadeia,porque é lá que é lugar de corruptos.

  11. Francisco Miranda disse:

    Com este meliante do Cunha e muitos outros no comando, o Brasil não vai a lugar algum. Dúvidas??
    Coitado deste pobre povo brasileiro. Será que alguém tem esperança nestes políticos ??
    Justiça. Ah que vontade de vê-la sendo respeitada. CCJ. Ah que vontade de vê-la atuando.
    Alguma luz no fim do túnel ??

  12. Gilmar Santos do Vale disse:

    Esse jogo é de cartas marcadas, só serão investigados e punidos que o governo quiser…
    O fato é que O cunha e o governo estão em uma queda de braços e esqueceram que existe um país que cada dia mais se afunda na crise..O que está em é jogo é a vaidade do seu CUNHA e a DILMA o País com o seu povo é que se dane..

    • pedro disse:

      Gilmar esse jogo já não tem mais cartas. Só serão investigados e punidos o que o governo quiser. Será que foi isso mesmo que você quis dizer? Então essa turma que está sendo investigada é do PSDB? Essas denúncias constantes, oriundas do lava a jato, estão sendo dirigidas contra a oposição? É isso que você está vendo? O Cunha é aliado da Dilma? Meu Deus Gilmar! Esse santo não vale. Concordo totalmente que Governo, Oposição e Congresso não estão nem aí para o povo, pelo menos não agora. No período eleitoral vai ser diferente. Concorda?

      • César disse:

        Com certeza não foi com a oposição que ele se juntou para roubar a Petrobrás. Foi com quem tinha as chaves do cofre e que é apoiada pelo PMDB. Procure por quem o PMDB apoiou nas três ultimas eleições e você vai saber com quem o Deputado Eduardo Cunha estava andando.

      • Gilmar Santos do Vale disse:

        Prezado Pedro,

        O que eu quiz dizer é realmente isso ” ESSE É UM JOGO DE CARTAS MARCADAS” e marcadas pelo o governo do PT…. Confesso que não entendi muito o seu ponto de vista.
        Se pensas que eu sou a favor da oposição se enganou muito, o Fato de não ter politicos da oposição sendo investigados é porque eles são santos perto da turma do PT e PMDB..

        Um forte abraço…

  13. José Roberto disse:

    Engraçado. Depois daquele jantar às vésperas da indicação de Dilma para recondução do Janot, ninguém fala mais das suspeitas sobre o Renan (que também participou do jantar, junto com o presidente do STF)…
    Não que o Cunha seja um exemplo de conduta, mas tá faltando gente aí.

  14. Alberto disse:

    Isso não passará de “queda d’água provocada por desnível brusco do leito de um rio”.

  15. Claudio Araujo disse:

    Caro Kennedy, sem uma pressão da mídia, nada acontecerá! É tudo uma questão de ganhar tempo e engavetar. o Famoso Toma lá dá cá!

  16. E a turma do mensalão tucano caminhando para a total impunidade. E nenhum político do PSDB paulista indiciado pela máfia do ICMS, os cartéis do metrô. Nada, nada atinge o PSDB. E o jornalista vem falar que “não há seletividade na apuração”. Ridículo.

  17. Cristiano Davis disse:

    Kennedy diz para mim do que adianta isso nunca veremos esses criminosos na cadeia as cpi não dão em nada olha só o petrolão ninguém foi indiciado.O procurador da republica apresenta provas e mais provas e não da em nada.Te digo porque não da em nada porque os maiores políticos do Brasil estão envolvidos e são eles que mandam esses abutres de terno, infelizmente meu caro Kennedy nós brasileiros estamos fadados a injustiça, Mas anseio o dia em que você nos dará a noticia que um destes canalhas fora condenado de verdade.E que Deus nos ajude pois o Brasil creio eu que desta crise não sai, sorte a todos.

  18. Pasquale disse:

    O Brasil esta podre,culpa única e exclusiva do povo.
    Cerveja,carnaval e futebol….lamentável.
    LIBERDADE,IGUALDADE E FRATERNIDADE

    • César disse:

      Tem toda a razão Pasquale! O povo que se vende ou se deixa comprar com cerveja, carnaval e futebol também é um povo corrupto. E o Congresso é o reflexo do povo no espelho. Cada povo tem o governo que merece! Temos que nos libertar dos nossos vícios de sermos mantidos por um estado paternalista. Libertas quae sera tamen!

  19. Marcos disse:

    No mar de lama em que vivemos, mais vale um corrupto que seja contra a CPMF do que um honesto que a apoie.

  20. Stanislaw p/Kennedy. disse:

    Diz o Kennedy:
    “Hoje, uma ação externa, como um pedido do Ministério Público, teria mais chance de tirar Cunha da presidência da Câmara do que alguma articulação que dependesse de um governo fraco, de uma oposição interessada no impeachment a qualquer custo e de deputados federais que devem favores políticos a Eduardo Cunha. O volume de provas dá um trunfo a Janot”.
    Desculpe-me caro e admirável jornalista mas não entendo como o senhor e parte da mídia têm dado tanto mais importância ao “caso Cunha” que, sem querer de forma alguma minimizá-lo, é infinitamente menos importante que os casos “impeachment, Lula, refinaria de Pasadena, roubalheiras da Petrobras para gerar contribuições ilegais disfarçadas de legais, a partidos políticos e a bolsos de corruptos, toma lá dá cá com dinheiro público entre governo, deputados e senadores com o objetivo único de projeto de poder a qualquer custo.
    Seria o caso Cunha mais absurdo do que o governo querer aumentar impostos à população para cobrir rombos oriundos de atos irresponsáveis de maus administradores da coisa pública, sabendo todos que somos dos povos mais “escorchados” (escorchados porque os retornos são mínimos) em impostos do mundo?
    Prefiro acreditar que jornalistas do nível dos que tenho visto entrando no jogo do governo que tenta de todas as formas desviar a atenção do povo para problemas menores (embora também graves e de inequívoca necessidade de solução, como o caso Cunha), não estejam fazendo isso por conivência e sim por equívoco.
    Tudo na vida tem prioridades e por não respeitar prioridades o desgoverno que aí está afundou o país no mar de lama do qual só sairá com outro governo.
    E nunca podemos esquecer de que o partido que lidera os últimos governos de nosso país veio com a bandeira de tirar o país do “lago de lama” em que sempre esteve mas que, ao invés disso, jogou o país num “mar de lama podre e fétida”, onde todos estão afundando a cada dia mais!
    Se Cunha vai aprovar o pedido de impeachment , isso não é desejo exclusivo dele, nem de Helio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaína Paschoal: é de pelo menos 90% da população!
    E nesses 90% estão incluídos milhares de investidores nacionais e estrangeiros que dependem de uma esperança de que um novo governo venha para “governar”… e não para “roubar e desgovernar” o país!
    Um novo governo para tirar o país do mar de lama em que está atolado!

  21. mario machado disse:

    Eu queria ter palavras de otimismo para falar do nosso Brasil – essa Pátria que tem sido amorosa aos seus filhos, porém, muito mais amorosa aos filhos que transgridem Leis; que dilapidam bilhões de dólares deixando à miséria todo um povo esperançoso de as coisas mudarem; que se auto-intitula Pátria Educadora e relega ao ostracismo cruel o Ensino e uma juventude sedenta por vencer, galgar novos degraus e olhar o futuro sem medo; que joga todo um planejamento econômico que deu certo ao ralo da incompetência e da solidariedade a alienígenas a milhares de quilômetros de nossas fronteiras; que condena uma população idosa à morte pelas dificuldades de comprar seus medicamentos cortando a existência das Farmácias Populares; que toma medidas catastróficas permitindo o retorno da inflação que chegará a Hiper-Inflação; que não olha o Sistema de Saúde e que permite rompantes, prepotências e “caras feias” intimidatórias (?) de seus líderes (?) como se eles estivessem lidando a uma malta de desmemoriados ignorantes e eternos cidadãos de pires às mãos à espera das “esmolas”; Não, não tenho palavras! Elas se atolam à minha mente confusa e revoltada por tantas mazelas. Vejo, esgotado por tudo o que anda correndo pelos bastidores de nossos Poderes, um Brasil que realmente foi transformado a uma enorme e fervente Pizza! “Ai dos que permitem sejam os escândalos promovidos!”

  22. carlos alberto disse:

    Pelo sistema politico Brasileiro não existe ninguém mais poderoso do que presidente da câmara,isto estava oculto mas agora se mostra com mais clareza,pois não existe ninguém mais poderoso hoje no Brasil do que o Cunha,era so juntar uns 60 deputados no bolso que valem mais do que 53 milhões de voto,nem o supremo pode com ele ja estabeleceu sigilo nos seu assunto.

  23. kaná disse:

    Kennedy disse que a volta de Pizzolato para cumprir pena aqui é prova de que a justiça está funcionando… kkkkk. Ele deve ter pedido para vir pra cá, pois estava preso lá, e aqui, vai ser solto em menos de um ano. Eita!!! Que a justiça será feita! Acredita??!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-21 10:46:36