aki

cadastre-se aqui
aki
Política
01-08-2016, 9h14

Votar cassação de Cunha após impeachment seria escândalo

Há movimento de bastidor para decidir primeiro destino de Dilma
25

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O bom senso sugere que as votações do impeachment de Dilma Rousseff e da cassação de Eduardo Cunha aconteçam neste mês de agosto. No entanto, essas votações não são favas contadas, apesar de o país precisar de respostas definitivas sobre tais questões.

Desde 2 de dezembro do ano passado, quando Eduardo Cunha (PMDB-RJ) acolheu o pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma, já se vão 8 meses em que se abriu uma grande crise no país, gerando incertezas. E Eduardo Cunha já vinha chantageando abertamente Dilma desde julho de 2015. Portanto, é um assunto que domina o país há mais de um ano.

Como o presidente do Senado, Renan Calheiros, quer nomear um deputado federal para o Ministério do Turismo, Marx Beltrão, do PMDB de Alagoas, está ameaçando nos bastidores atrasar a votação do impeachment da presidente. É uma pressão para Temer nomear um deputado que responde a processo por peculato no STF (Supremo Tribunal Federal). Temer quer aguardar um eventual julgamento ainda em agosto desse caso para decidir. Se o deputado for absolvido, vira ministro. Se não, que Renan encontre outro nome.

Mas o presidente do Senado está pressionando Temer, e a votação do impeachment de Dilma pode atrasar uma ou duas semanas. Mas o caso mais grave é o de Eduardo Cunha.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sugeriu votar a cassação na segunda semana de agosto. Ou seja, na semana que vem. Acontece que há um movimento na Câmara e de ministros do governo Temer para votar a cassação de Cunha depois do impeachment de Dilma. Se isso acontecer, será uma tentativa de dar uma chance para Cunha escapar. Seria uma manobra escandalosa.

O caso do ex-presidente da Câmara está mais do que maduro e se arrasta há mais tempo do que o impeachment de Dilma. Votar agenda econômica, como dívida dos Estados, antes da cassação de Cunha é abrir uma porta para a Câmara empurrar com a barriga a cassação de Cunha.

A prioridade da Câmara deveria ser decidir o destino de Cunha. Resolver esse assunto de vez. Ele mentiu à CPI da Petrobras em março de 2015, quando disse que não tinha conta no exterior. Foram descobertas depois contas na Suíça. Ele já responde a dois processos no Supremo.

Postegar a cassação de Cunha para depois do impeachment de Dilma é uma manobra que deveria ser impedida pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que tem o poder de colocar o caso em votação. Essa decisão será um grande teste para Maia viabilizar ou afundar sua gestão no comando da Casa.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
25
  1. Joaquim José da Silva Xavier disse:

    pra quem sente um mal-estar a cada vez q a palavra “golpe” é pronunciada… acostume-se!!!

    gostando, odiando ou aceitando o impeachment de Dilma Rousseff, este passará para a história, assim como a mídia internacional, como: GOLPE.

    • walter disse:

      Total razão caro Joaquim, daqui para a frente, a palavra “golpe”, será adotada na integra por parlamentares; uma coisa é fazer acordos políticos, outra é o “trança pé” por interesses escusos.Aliás,o que mais tem no Congresso,são Lobistas…
      Quanto a ordem das casações, são irrelevantes, desde que sejam rápidas; vão transformar em show de Horror, as duas casações…
      Duro para o País, que culpados de “carteirinha”, demorem tanto a ser destituídos, no caso do cunha, que sirva de lição; como pode um deputado comum; só por ser líder no congresso, ter tantas prerrogativas…poderia ter “matado” um colega, assim mesmo, teriam dificuldades para extirpa-lo do congresso; alguma coisa esta errada neste País; poderes devem ser harmônicos e justos; estes País, pertence aos Brasileiros de Fé…

    • Gustavo disse:

      Claro, claro, o golpe abortado de se perpetuar no poder a base de falcatruas.. Correto. É golpe o que o PT estava tentando fazer. Lamento, deu errado, o golpe que deu errado.

    • Alex Sandro disse:

      Querem fazer igual o judiciário, que só liberou as gravação de Machado e Jucá quando o impeachment passou no Senado, dez dia depois.

  2. luiz carlos disse:

    Eu acho que Maia vai amolecer e empurrar com a barriga a votação de casação de Cunha pra depois do processo da Dilma. Ta na cara que ele também tenta salvar Cunha, mas não quer se comprometer com a opinião publica, mas também não quer se comprometer com os deputados. Como o movimento pro Dilma nesse ultimo domingo foi um fracasso, e bem provável que ele mande as favas a opinião publica, e atenta ao Temer que quer salvar Cunha, mas não quer ter seu aval.

    • Maria disse:

      O movimento pró-Dilma foi um fracasso???? Só para esclarecer o senhor: o fiasco da Av. Paulista ontem foi PRÓ-IMPEACHMENT, não confunda as coisas meu senhor. Os movimentos pró-Dilma aconteceram em várias capitais do país e em alguma cidades do exterior. Aqui em São Paulo, aconteceu no Largo da Batata com 60.000 pessoas devidamente ignoradas pelos canais de TV que o senhor com certeza assiste aos domingos, mas se tiver alguma dúvida, dê uma olhadinha na internet, no facebook, no instagram, no twitter e verá inúmeros vídeos e fotos mostrando o que a imprensa golpista brasileira não mostra, por acreditar que ainda é capaz de manipular alguém. Ontem foi apenas o recomeço das manifestações que vão ocorrer neste mês e, pelo que vemos, podemos dizer com absoluta certeza: ADEUS GOLPISTAS!

      • Carlos Martins disse:

        Este negócio de IMPEACHMENT já tá enchendo o saco, junta um monte de desocupados e ou alienados e vão para a rua, uns a favor outros contra, e o pior estão convictos que farão diferença no resultado final do processo.
        Independente se legal ou ilegal, o resultado já é sabido por todos, e a satisfação ou insatisfação, ou ainda, a quantidade de pessoas pró ou contra não mudará em nada aquilo que os senadores já decidiram.
        Agora, o que mais impressiona é o fato dos dois lados tratarem a situação como se fosse um desfile de escola de samba, e agora vão para a apuração dos jurados para saber quem ganhou. No carnaval já é uma situação ridícula e inútil, imaginem nesta situação!!!

      • Gustavo disse:

        Só não vale dizer 60.000 após foto-shop social… Tá cheio disso na Internet.

  3. Marco Túlio Castro disse:

    Escândalo é o Lula continuar solto depois de ter arrasado o Brasil e ter implantado o maior esquema de corrupção da história da humanidade. Lula é o fabricante do Cunha. Os dois são farinha do mesmo saco.

    • carlos lopes disse:

      Parece até que Lula e seu partido inventaram a corrupção no país. Com toda a desgraça que possa ter sido seu governo, há avanços positivos que não podem ser negados além de sua aprovação no governo por índices invejáveis.

    • Ricardo disse:

      Quem arrasou o país foi um certo senhor que foi ao FMI TRES VEZES, isso sim!

    • Dimas J Trindade disse:

      É uma vergonha esta gente tentar passar a idéia de que Lula quebrou o país. Auto lá, gente. Não é repetindo as mentiras dos políticos que voces as tornarão verdades. É preciso um mínimo de sensatez para reconhecer que o país nunca foi grande coisa. Quem se lembra de FHC há de se lembrar. Então esta idiotice de ficar repetindo que Lula quebrou o país e outras baboseiras mais é apenas propaganda anti Lula. Se há alguém que tem capital político é ele que saiu da presidencia com altos índices de aprovação se reelegeu e elegeu Dilma que também se reelegeu. Vamos parar com esta infantilidade que já deu.

      • Marco Túlio Castro disse:

        FHC pegou um país com hiperinflação e resolveu o problema. Lula e o PT tiraram tudo dos brasileiros. A começar pela Petrobras.

  4. Mauro disse:

    Muito embora, a postergação da cassação de Eduardo Cunha suscite desconfianças, vê-se claramente que os próprios pares no Congresso, não demonstram a menor intenção em favorece-lo com tais ou quais manobras.
    Sou quase suspeito para falar mal de Cunha, pois ele ainda está na minha lista de “malvados favoritos”, pois sem sua atuação ainda estariamos com a quadrilha petista no Poder e nesse aspecto ele foi de fundamental importância.
    Não defendo qualquer ato ilicito de Cunha e por eles deve ser processado e julgado, mas é inegavel que seu nome entrará na história pelos bons feitos (varrer o PT do poder!) e pelos maus feitos associados a corrupção e só o tempo dirá qual dos dois pesou mais contra e a favor de nosso pais e de nossa história!

  5. NUNES disse:

    Nota-se claramente que Temer fará qualquer acordo para permanecer no poder. Quem devia negociar com Temer era os militares que o apoiaram e receberam de presente a reforma da previdência que segundo temer todos são iguais, portanto os militares passarão aos mesmos critérios do INSS para aposentá-se, acabaram-se as aposentadorias de mais de 60 mil de coronéis e generais.

  6. Edi Rocha disse:

    Eles querem fazer isso porque muito em breve muitos sites bloquearão os comentários feitos por nós devido ao período eleitoral.
    .
    Sem a voz da opinião pública sendo ouvida por este canal importante de comunicação, e obviamente contra as atitudes deles, eles esperam fazer todas as manobras sem que tenha-se grande prejuízo eleitoral (por falta de comentários negativos).
    .
    Contamos com as informações dos jornalistas de forma transparente para que eles tenham a certeza de que irão pagar caro (perdendo as eleições, pelo menos) por manobras como esta.
    .
    No caso de Cunha não tem condições, ele mentiu, e mentiu para não ser descoberto sobre as propinas que recebeu. É um caso perdido, mas se a câmara não vê assim, é melhor alguém dar um jeito de expulsar todos os políticos de lá, porque com gente assim nos representando não dá, francamente.

  7. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Existem coisas muito mais importantes para serem votadas, como o rebaixamento da idade penal, isso afeta diretamente a população.
    Mas a infame classe política está preocupada apenas com a manutenção nefasta de seus cargos, salários e cabides de emprego.

  8. Sérgio Silva disse:

    Vamos pressionar lá no facebook, no Instagran ou seja lá onde ele tiver conta de rede social e cobrar a votação já…

  9. Fauze disse:

    Meu Deus, é óbvio que o primordial para o Brasil nesse momento, é o afastamento da Dilma em definitivo. Depois disso, o afastamento de Cunha… depois disso, Lula, Dilma, Cunha, Maluf, Haddad, Aécio, Renan, Sarney… todos na cadeia. Chega!!

    • Francisco Miranda disse:

      BOA TARDE. VOCE ACHA QUE TEM ALGUM POLÍTICO PENSANDO NO POVO ?? CADA UM QUER SE ARRUMAR COMO PODE.
      INFELIZMENTE OS TRES PODERES SÃO INDEPENDENTES, PORQUE SE A JUSTIÇA PUDESSE E TIVESSE AGIDO NA HORA CERTA, ESTARIAM TODOS NA CADEIA. “EU ACHO” OLHA A PALHAÇADA DO CUNHA. TÁ FAZENDO TODOS DE PALHAÇO. CCJ, COMISSÃO DE ÉTICA, STF, STJ, CONGRESSO EM GERAL. PARECE QUE TODOS TÊM O RABO PRESO.

  10. Paulo disse:

    Cunha é um problema menor, pode ficar pra depois; pode ser setembro, outubro, novembro ou ano que vem, ninguém liga (a não ser os petistas, mas estes não contam). A única coisa que importa de verdade é nos livrar de Dilma Russef e do pt. O resto é o resto.

  11. MARIO PERZ disse:

    MAS É ISTO QUE VAI ACONTECER E SERÁ UMA DAS COISAS MAIS VERGONHOSAS DESSA CÂMARA DOS DEPUTADOS, QUEM VIVER VERÁ, ISTO É O QUE TODOS COXINHAS FASCISTAS ESTÃO PEDINDO, VEEM AS COISAS DE UM LADO APENAS MAS A CORRUPÇÃO DO OUTRO LADO, PSDB, PMDB, PPS, DEM, PP ETC…. PODEM FAZER O QUE QUISEREM, ESTE É O MEU BRASIL!!

  12. Após o impeachment o Brasil sairá das trevas que o PT deixou.

  13. Edson Barbosa disse:

    Kennedy, você se esquece que tudo tem sido um escândalo! E esse vai ser só mais um na República das Bananas que nos tornamos. Judiciário, Executivo e Legislativo viraram covil de ladrões que querem aproveitar a chance e tirar o atraso para recuperar todo o dinheiro que o Lula gastou com a pobreza, com a educação e com a saúde! Esse é o maior escândalo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-07-15 08:16:13