aki

cadastre-se aqui
aki
Política
15-06-2016, 9h10

Zavascki mostra limites a Janot e Moro

Acuado, Eduardo Cunha está mais perto da cassação e delação
23

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O ministro do STF Teori Zavascki volta mais uma vez a colocar limites na Lava Jato. Ele mostra que, como relator no Supremo Tribunal Federal da principal operação de combate à corrupção da história do país, ele vai exigir provas robustas para referendar atos do procurador-geral da República, Rodrigo Janot e de outros investigadores.

Zavascki negou ontem o pedido de Janot para prender três caciques do PMDB: o ex-presidente da República José Sarney, o presidente do Senado, Renan Calheiros, e o senador Romero Jucá.

O trecho mais importante da decisão de Zavascki é aquele no qual o ministro diz que Janot apresentou elementos reprováveis, mas que não eram graves o suficiente para justificar as prisões de Sarney, Renan e Jucá. Para Zavascki, não ficou configurado o flagrante, elemento necessário para que um congressista possa ser preso.

Embora seja uma vitória pontual de Sarney, Renan e Jucá, essa decisão não significa que Zavascki vá amenizar em relação aos três no provável processo que resultará da delação de Sérgio Machado. O ministro achou que não havia elementos para a prisão. Não inocentou os três peemedebistas.

Zavascki não decidiu ainda sobre o pedido de prisão em relação ao presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha. O ministro aguarda as explicações de Cunha.

Recentemente, quando remeteu o caso do ex-presidente Lula para Curitiba, Zavascki já havia colocado novamente limites à atuação do juiz federal Sérgio Moro. O ministro do STF invalidou o grampo da principal conversa entre Lula e a presidente Dilma Rousseff.

Em resumo, Zavascki mostrou a Janot e a Moro que não vai aceitar medidas que ele considere que extrapolem a lei. Isso é bom para a Lava Jato, porque dá equilíbrio à investigação e aos julgamentos. Magistrado de atuação discreta na comparação com Moro, Zavascki tem tido a coragem de tomar decisões duras, sejam aquelas que agradem à opinião pública, sejam aquelas que contrariem uma visão justiceira e de apoio a linchamentos públicos.

*

Cerco a Cunha vai se fechando

Com a aprovação no Conselho de Ética do parecer a favor da cassação do mandato do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha está mais perto de perder o mandato. A possibilidade de uma delação premiada começa a fazer sentido para alguém que vê, a cada dia, a sua força política se esvair e a sua situação jurídica se complicar.

Não convém subestimar a força de Cunha na Câmara, mas é fato que ele começou a perder apoio interno na Casa nos últimos tempos. Os votos de Tia Eron, do PRB da Bahia, e de Wladimir Costa, do Solidariedade do Pará, se dados na semana passada, poderiam ter sido favoráveis a Cunha.

A deterioração da situação política e jurídica do presidente afastado da Câmara levou às traições de ontem. Outros aliados de Cunha já dizem que será difícil defendê-lo no plenário da Casa numa eventual votação de cassação de mandato. Já há dúvida se a renúncia à presidência da Câmara teria um efeito de salvá-lo neste momento tão desfavorável, servindo como moeda de troca para uma pena menor do que a perda do mandato.

Diante do cenário de possíveis condenações a penas altas e para proteger a mulher e a filha, que também são investigadas, Cunha poderá examinar a possibilidade de delação premiada. Isso teria efeito bombástico sobre a base de apoio do governo Temer e políticos do PMDB e de outros partidos que receberam favores de Cunha.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
23
  1. Edi Rocha disse:

    Esse é o caminho. Eu já disse e repito, pra Eduardo Cunha “só a prisão resolve”. Chega de manobras. Estamos de olho na CCJ. Essa troca de membros que estão fazendo para favorecer Cunha está bem vista e todos que forem a favor disso não vão se eleger nunca mais na vida.
    Quem não votar pela cassação de Cunha no Plenário também já sabe. E nem adianta se ausentar da votação. Tia Eron viu o tamanho da encrenca e por isso votou ontem como queríamos.
    Parabéns aos que votaram pela cassação de Cunha. Estamos quase lá.
    Chega de corrupção!!!

    • walter disse:

      É isso mesmo Edi, vamos cassar todos os envolvidos, na usurpação do Erário público, o cunha só existe caro, por tantas facilidades na gestão do PT; como pode este “cidadão”, estar envolvido com a Petrobras? Foram facilidades, geradas por gestão temerária da dilma; felizmente haverão correções gradativas, a longo prazo.
      Quanto ao Janot Kennedy, foi salomônico; vamos aguardar que outras decisões em sua mão não pereça; são vários acusados, alguns, com determinação do Janot; aliás, o supremo deve se unir, fazendo um mutirão, para agilizar processos e sentenças; são nossos balizadores, não podem permitir fragilidades ou duvidas de suas ações; vamos acreditar num Brasil limpo e Novo.

    • Edi Rocha disse:

      Só pra esclarecer. Quando eu disse “bem vista”, quis dizer que estamos “bem atentos” (o “bem” tem o sentido de intensidade, não de aprovação).
      Não havia percebido a ambiguidade antes.

  2. Frank Underwwod disse:

    O cerco está fechando. Cunha preso e com ameaça também à família, tá na hora de abrir o bico e passar o Brasil a limpo. Uma pena que o STF veja diferença entre os olhos do Delcídio e os dos caciques do PMDB.

  3. Jeferson disse:

    O governo Temer está perto do final com o decadente Eduardo Cunha , seu principal aliado, destruído.

    • Joaquim disse:

      Jeferson, fico impressionado como ainda existe pessoas como você que acreditam no discurso do PT. Em um mês de governo Temer as bolsas continuaram a ser pagas, por tanto nem apoio dos beneficiários delas o seu partido tem mais. O seu partido e sua “presidenta” nunca mais. E espero que os demais “300 picaretas” também tenham o mesmo destino.
      E que o Temer entre para história como o Itamar entrou, apesar dos deputados e senadores que nós colocamos lá.

  4. jeronimo vicente farias disse:

    O i. jornalista só esqueceu de dizer que o exmo Min além de não autorizar as prisões solicitadas também não autorizou que buscas fossem feitas afim de se levantarem as tais provas robustas sem as quais não entende como justificável o pedido de prisão. Ou seja, criou um paradoxo jurídico que blindou o que esse país já produziu de pior.
    Quero eu que a gente tenha um novo recomeço, uma constituinte, e que pessoas como esse ministro paguem por sua parcialidade.

  5. Romulo disse:

    Lula está certo quando diz que existe acovardados no STF, assim como cinco em suas mãos, desta forma só faltam os outros quatro.

  6. Romanelli disse:

    com todo respeito ..Renan, verdade, expôs o q já vinha falando ..Sarney falou o q seria comum ..agora, ROMERO JUCA ??!!
    .
    Aliás, comparar as consequências das TRAMAS costuradas por JUCA (e suas consequências para o país) com as de, por exemplo, Delcídio, chega a ser risível ver esta ginástica do togado Teori pra livraacara deste senador GOLPISTA pemedebista

  7. O Ministro pode ter anulado a gravação como prova contra Dilma e Lula. O que ele não pôde fazer, foi anular o que o Brasil todo ouviu.
    O Brasil ouviu e o Brasil sabe a verdade!
    A “honesta” obstruiu a justiça nomeando um “bandido” as pressas para a Casa Civil.
    Confessou o crime no dia seguinte, apresentando o papel em rede nacional.
    Não dá para anular o que nós ouvimos!
    Não dá para anular o que nós vimos!
    Não tem juiz que consiga anular a verdade!
    Juízes podem anular provas, mas não podem anular fatos!

  8. O Procurador Geral da República Rodrigo Janot fez política ao denunciar a cúpula do PMDB com provas tão frágeis.
    Todos nós sabemos que eles não são anjos!
    Queremos vê-los no banco dos réus, mas apenas com estas gravações como provas…Continuem as investigações. Eles devem ter os seus calcanhares de Aquiles.
    Assim como o Lula deixou rastro na compra e reforma do sítio e do tríplex, eles também devem ter cometido alguns erros.
    Não existe crime perfeito!

    • Edi Rocha disse:

      Francamente, achei que o pedido de prisão não se basearia somente nas gravações.
      Bela mancada da PGR. Inesperado, até.
      A justiça não pode cometer erros assim, sob pena de prejudicar o combate à corrupção.
      .
      Outra coisa, a justiça precisa ser mais eficiente também. Chega desses processos que os políticos terminam o mandato, são eleitos de novo, e nada da sentença sair.
      .
      Os políticos precisam “forçadamente” agir com certa honestidade. Precisam saber que se errarem, serão presos. Que se for parar no conselho de ética, os colegas vão agir com “ética” e não com conivência. Precisam saber (e isso já perceberam esses dias) que a opinião pública vai cair em cima e se não ouvirem, podem esquecer a eleição.
      .
      Chega de corrupção!!!

  9. Maria da Consolação disse:

    Cunha pode cair, mas vai levar muita gente junto….

  10. Luiz Silva disse:

    Quando a conversa entre Lula e Dilma foi gravada, a ordem de suspensão não tinha chegado. Logo, a gravação não foi feita sem autorização judicial. Isso a torna LEGAL.
    Além disso, Zavascki escreveu que a divulgação foi feita como se os interlocutores não estivessem protegidos em sua intimidade e privacidade. A conversa NÃO ERA intima. Quanto à privacidade, será que diálogos indicando tentativa de obstrução de justiça devem ter sua privacidade protegida?

  11. A cada dia que passa o discurso petista se esvazia mais.
    Com a cassação de Cunha, cai também o discurso de que Temer é Cunha.
    Cunha também foi eleito pelo voto popular e está sendo cassado.
    Mostra que não existe ninguém que esteja acima da lei.
    Nem mesmo presidente da Republica ou Presidente da Câmara.
    Voto não é escudo para criminosos.
    Não há uma perseguição ao PT.
    O que há é justiça sendo feita com o rigor da lei.
    Demonstra que a vigilância da sociedade e da imprensa livre, podem fazer pressão, sobre os parlamentares e sobre o Poder Judiciário.
    Temos que continuar vigilantes. Exercendo a nossa cidadania, mesmo que isto amasse as nossas panelas ou sacrifique alguns dos nossos finais de semana.
    A nossa omissão permitiu que o discurso radical tomasse conta do país por tantos anos.

  12. Antonio disse:

    Quanto ódio do PT e do Lula. Será porque tirou mais de 30 milhões da linha de pobreza? Será porque levou a inflação a níveis baixíssimos? Será porque criou dezenas de universidades federais? Será porque elevou as reservas cambiais do Brasil a quase 400 bilhões de US$? Será porque fez com que o Brasil se tornasse respeitado no mundo e se tornasse credor do FMI? Será porque fez com que o desemprego no país caísse a níveis inimagináveis? Será porque expressiva parcela da sociedade passou a utilizar aviões e viajar? Será porque a indústria automobilística superou os 3 milhões de veículos vendidos? Chega de preconceitos. Queiram ou não os números provam que um metalúrgico e sindicalista foi na verdade o melhor presidente do Brasil dos últimos anos ou será que todo este ódio é exatamente por isso? O que vemos hoje é uma luta desmedida pelo poder.

    • Luiz Silva disse:

      Caro Antônio, com o boom das commodities e o vertiginoso crescimento da China, Lula teria que ser muito incompetente para não trazer os ganhos que trouxe. Mas, tanto quanto Dilma, ele apostou no crescimento baseado em aumento do consumo via subsídios e desonerações. Só deu certo com ele porque as commodities e a China ajudaram. Não foi competência. Foi sorte.

  13. Jairo Augusto da Rocha Zanardo disse:

    Quem confiaria em uma delação do Cunha? Seria só mentiras. Esse ai é cínico, mentiroso e sociopata . Sinceramente prefiro que ele nem faça delação, não confio nele nem pra isso!

  14. COM TODO O RESPEITO, DIRETO AO ASSUNTO: É PRECISO PASSAR O BRASIL A LIMPO, STF, DOA A QUEM DOER!!! disse:

    Sou leigo na área jurídica mas acho que um juiz não deveria seguir estritamente a lei em detrimento da justiça pois nem tudo que é legal é justo, principalmente num país onde certas leis são feitas com o objetivo exclusivo de proteger seus autores – o foro privilegiado, por exemplo, é uma excrescência legal, injusto e que tem servido para proteger aquele que mata, às bateladas, insensivelmente, milhares de brasileiros, ao roubar cofres públicos.
    É uma vergonha o que esse foro privilegiado protege, através do STF, esses criminosos – a começar pela morosidade – é ser injusto com a sociedade,
    ao lidar com criminosos de tão alta periculosidade, exigir “DOCUMENTOS” assinados por tais facínoras pois, até quando isso acontece, têm a cara de pau de dizer que assinaram sem ler, ou que o documento não trazia esclarecimentos suficientemente claros (Caso Refinaria de Pasadena, por exemplo).
    Não considerar as gravações lula/Dilma; renan/sarnei/jucá/sergio machado então, é o caos!

  15. TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI... INCLUSIVE PARA IR PARA A CADEIA! disse:

    Pelo jeito para prender Lula, Renan, Sarnei, Jucá é preciso encontrar “documentos assinados e com firma reconhecida”!
    Gravações onde tramam contra as instituições, mencionam juízes, STF etc, não valem nada!
    Deveria ser assim também para todo brasileiro pois, afinal, diz a constituição que “todos são iguais perante a lei”!
    O que seria correto fazer, mudar a constituição ou soltar todo brasileiro preso por provas testemunhais, periciais, gravações, filmagens, fotografias etc?

  16. Pasquale disse:

    Petrobras vai propor redução de jornada e de salários a empregados
    ___
    A estatal quer reduzir a jornada de trabalho para 6 horas e os salários em 25%; reduções fazem parte das negociações do acordo coletivo que será implementado a partir de setembro

  17. Maurício Freitas disse:

    O que preocupa não é a postura do Teori, mas a revanche de Renan. É interessante lembrar que no passado Renan renunciou a presidência do senado para não ser cassado e o PT, comandado por Mercadante, com a abstenção de 6 senadores, salvou o mandato de Renan. Se os seis senadores do PT tivessem a dignidade necessária, ele teria seus direitos cassados naquela época. Deixaram essa cobra viva! E agora, este inocente político que nunca mexeu num centavo público, tende a aceitar o pedido de impeachment do procurador Janot. Apenas pelo fato deste pedir sua prisão. Janot tem seguido o ritmo das apurações e não vejo, particularmente, forma diferente de atuação dele em relação ao PT, PMDB, PSDB, etc… o problema é que há corruptos em todos os lados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-05-25 19:53:48